Reserva, Portobello e Duas Rodas contaram como estão reinventando a relação com o consumidor; painel integra programação do primeiro dia do Fórum Radar Reinvenção

 

>> Confira a cobertura fotográfica no Flickr da FIESC.

Acesse fiesc.com.br/radar e acompanhe a transmissão ao vivo

▶️ Assista ao REPLAY do primeiro dia.

Florianópolis, 9.11.2021 - Reinventar a relação com o consumidor é um dos principais desafios do setor produtivo. No quarto painel do Fórum Radar Reinvenção, que a FIESC promove nesta terça e quarta (9 e 10 de novembro), Reserva, Portobello e Duas Rodas relataram suas apostas para reter clientes. Entre as estratégias que vêm sendo adotadas pela indústria estão a agilidade em novos lançamentos, parcerias e inteligência artificial e colaborativa.

Cesar Gomes Junior, chairman da Portobello Grupo, falou do desafio vivido pela companhia que é a transformação em varejo. “Vendemos soluções em revestimento. Estamos atuando com esse modelo integrado entre indústria e varejo, administrando a cadeia como um todo. Esse tem sido o nosso grande diferencial, o que nos levou a liderar o setor”, pontuou o executivo. Ele também afirmou que o ciclo do negócio mudou. Novos lançamentos ocorriam anualmente e, agora, são a cada dois meses “Queremos chegar a lançamentos mensais. Não produzimos mais para fazer estoque e estamos tendo sucesso com esse modelo”, revelou. Gomes Junior também destacou a internacionalização da Portobello, que está instalando uma fábrica nos Estados Unidos. “Seguimos um modelo mais agressivo, extremamente desafiador, que muda a cultura e a forma de enxergar a empresa”, disse. O executivo destacou ainda que 92% das vendas ocorrem por meio dos arquitetos, uma parceria que se fortalece continuamente. 

Veja também: É importante assumir compromissos públicos de sustentabilidade, diz CEO da Irani
Fusão e aquisição de empresas exigem ampla análise de oportunidades
Fórum Radar: Conectar pessoas às estratégias do negócio é essencial
Empresas que investem em inovação na crise superam seus concorrentes na fase de recuperação

Na Duas Rodas, a palavra de ordem na companhia é ‘proximidade’, revelou o presidente Leonardo Zipf. “É uma tradução simplificada de marketing, um fator primordial, que é a capacidade de apertar a mão deste cliente e aceitá-lo como um parceiro estratégico da empresa, uma parceria que tem que ser duradoura”, frisou. “Criamos uma plataforma colaborativa para tirar percepção de tendências de produtos no médio e longo prazo. Desenvolvemos uma área de inteligência colaborativa, identificando oportunidades em 30 países, para fortalecer o nosso conhecimento”, comentou, afirmando que uma das principais características do marketing moderno é o fato de ser baseado em dados. 

Fernando Sigal, co-fundador e diretor de Produtos da Reserva, contou a história da empresa que começou criando bermudas e atualmente tem cinco marcas, 75 lojas próprias e 43 franquias. “Quando você quer encantar um cliente ele sente isso e traz reciprocidade”, afirmou. “Entendemos que as lojas precisam ser pontos de encontro, um lugar onde o cliente se sinta à vontade. Assim é a loja da Oficina Reserva, com barbearia, bar, um ambiente cada vez mais acolhedor”, exemplificou. Ele revelou que 95% dos fornecedores da Reserva são do Brasil e 40% estão em Santa Catarina. “Em 2022 vamos construir um hub no Vale do Itajaí, onde a troca de experiências será fundamental”, antecipou. Cristiano Buerger, CEO da Tecnoblu, moderou o diálogo entre os painelistas. 

Nesta quarta-feira (10), o Fórum segue com painéis sobre inovação e portfólio, indústria 4.0, apresentação da Escola de Negócios FIESC e perspectivas econômicas. Para acompanhar o evento on-line, basta acessar fiesc.com.br/radar e se inscrever. A liberação de acesso é imediata.

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC

 

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina