Reunião foi realizada na manhã desta segunda-feira (18), na FIESC, em Florianópolis, com a participação de lideranças de todo o estado

Florianópolis, 18.11.2019 – O Conselho Estratégico da Indústria, da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), reuniu-se nesta segunda-feira (18), em Florianópolis. Entre os principais temas abordados estiveram infraestrutura, educação, inovação, mudanças no ambiente institucional do país, além de novos investimentos para SESI e SENAI. O Conselho é um fórum consultivo que reúne lideranças do setor. Participaram do encontro desta segunda-feira: Amélia Malheiros (Fundação Hermann Hering), Carlos Victor Ohf (Cassava S.A), Claudio Grando (Audaces), Daniel Leipnitz (Acate), Monika Hufennüssler Conrads (Duas Rodas), Gilberto Heinzelmann (Zen S.A), João Karsten Neto (Karsten), Ney Osvaldo Silva Filho (Catarinense Pharma), Nelcides José Damiani (Damyller), Lino Rohden (Rohden Portas), Osvaldo Moreira Douat (conselheiro emérito FIESC), Vicente Donini (Marisol) e Vilson Hermes (Grupo Dass).

No encontro, o presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, informou aos industriais que a FIESC vai lançar em breve o Programa Educação SESI SENAI 20/30. “Estamos dando uma atenção especial para a educação de SESI e SENAI. Esse trabalho está sendo feito por meio de um projeto de longo prazo que começa em 2020 e vai até 2030. Temos desafios grandes pela frente, mas temos condição única no estado de sermos referência na área”, afirmou.

No encontro, o diretor regional do SENAI/SC, Fabrizio Machado Pereira, apresentou as linhas gerais do programa. “Não temos alternativa para sermos mais competitivos e termos uma indústria mais competitiva, que cada vez mais tem que ingressar na economia digital, se não tivermos educação de base, concreta e fortalecida. A nova economia está exigindo novos perfis. As pessoas precisam estar preparadas para isso. E o SESI e o SENAI há 70 anos trabalham com educação. Queremos fazer mais e sermos mais relevantes nesse cenário”, disse.

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco