O Conselho das Federações Empresariais de SC enviou ofício ao secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, nesta sexta-feira, dia 27

>>>> Clique aqui e acesse a íntegra do ofício

Florianópolis, 27.11.2020
– O Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM) enviou ofício ao secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, defendendo revisão da redação das normas que atualmente limitam a ocupação no segmento hoteleiro no estado. O documento, encaminhado nesta sexta-feira, dia 27, foi assinado pelos presidentes da FIESC, FAESC, Fecomércio, Fetrancesc, FCDL, FACISC, Fampesc e pelo superintendente do Sebrae-SC, que afirmaram não entender a demora no encaminhamento da questão, pauta de reiteradas manifestações do setor.

“Com a proximidade das festas de final de ano e da temporada de verão, o aumento do fluxo de pessoas a Santa Catarina é inevitável e não pode ser ignorado. Portanto, é necessário que haja sintonia entre esta realidade e a proteção da saúde da população, pois os visitantes estarão mais bem-cuidados em meios de hospedagem formais, que  seguem rigorosos protocolos de segurança, do que em meios alternativos, em que não há garantia de cumprimento das regras sanitárias que o momento exige”, diz o texto do documento.

Ainda no manifesto, o setor produtivo salienta que os hotéis são locais seguros e que há estados em que a atividade do setor seguiu normalmente durante a pandemia, sem que se tenha noticiado aumento de casos de contaminação em função disso.

O COFEM é integrado pelas federações da Indústria (FIESC), Agricultura (FAESC), do Comércio (Fecomércio), dos Transportes (Fetrancesc), das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), das Associações Empresariais (FACISC), das Micro e Pequenas Empresas (Fampesc), além do Sebrae-SC. 
 

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina