Pular para o conteúdo principal

Quer receber nosso conteúdo exclusivo? Inscreva-se!

Aurora Coop tem receita de R$ 21,7 bilhões em 2023

Companhia realizou R$ 939 milhões em investimentos e ampliou a capacidade de abate de suínos

Florianópolis, 27.02.2024 - A Aurora Coop fechou o ano de 2023 com receita operacional bruta de R$ 21,7 bilhões e investimentos de R$ 939,1 milhões. No período, a capacidade industrial de abate de suínos teve ampliação de 12%. Os dados constam do balanço anual da cooperativa, divulgado nesta segunda-feira (26).

Devido a um “quadro geral de dificuldades”, o saldo do ano ficou negativo em R$ 138 milhões, sendo absorvido pelo fundo de reservas. Confira destaques da operação da Aurora em 2023.

Nova unidade no Paraná

Em outubro, a Aurora Coop assumiu as operações da unidade industrial de carnes da marca Alegra, localizada em Castro (PR), que pertencia às cooperativas Frísia, Capal e Castrolanda. A transação fortaleceu o princípio da intercooperação, as três ingressaram no Sistema Aurora na condição de filiadas e a Aurora Coop ampliou em 12% sua capacidade industrial de abate. Agora, as oito plantas têm uma capacidade de abate e processamento de 32.092 suínos por dia, com elevado nível de otimização das unidades.

Com o ingresso das três novas cooperativas paranaenses, em 2023, o Sistema Aurora Coop passa a contar com 14 filiadas: Cooperalfa, Caslo, Coopervil, Coolacer, Copérdia, Cooperitaipu, Cooasgo, Auriverde, Cooper A1, Copercampos, Cocari, Castrolanda, Capal e Frísia. O conjunto das 15 sociedades cooperativas – Aurora Coop e suas filiadas – representa uma receita operacional bruta de R$ 68,7 bilhões e um quadro associativo de 85.629 cooperados que sustentam 63.057 empregos diretos.

Operação de suínos

A estrutura do segmento suínos da Aurora Coop conta com 3.625 produtores rurais (cooperados) integrados no campo, onde estão alojadas 300 mil matrizes produtivas. Nas UDGs (unidades disseminadoras de gens), 1.147 machos reprodutores garantem o fornecimento de 1,7 milhão de doses de sêmen por ano.

As unidades industriais de suínos instaladas em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul abateram 7,376 milhões de suínos, volume 3,2% superior ao ano anterior. A produção in natura evoluiu 2,9% para 705,9 mil toneladas e a industrialização de carnes suínas cresceu 6%, fechando o ano em 428,4 mil toneladas.

Operação de lácteos

O volume de leite captado das cooperativas do Sistema Aurora Coop atingiu 472,3 milhões de litros gerados por uma qualificada base produtiva no campo, formada por 2.998 produtores cooperados.

A industrialização de lácteos registrou discreta variação de volume com a geração de 203.181 toneladas em bebida láctea, leite UHT, leite em pó, creme de leite, queijo em barra, queijo fatiado, requeijão e soro em pó.  A Aurora Coop investiu em uma moderna linha de envase de leite UHT, o que possibilitou modernizar o layout da embalagem, seguindo tendência contemporânea do mercado.

Operação de aves

As nove plantas de abate e processamento de aves, juntas, têm capacidade instalada para o abate de 1,607 milhão de frangos por dia. Fato relevante foi a conquista da habilitação para o mercado do Reino Unido na unidade avícola de Xaxim (SC).

A avicultura industrial de corte da Aurora Coop conta com uma base produtiva, a campo, formada por 2.236 propriedades de avicultores cooperados localizados em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Em 2023, as nove plantas industriais de aves abateram 320,8 milhões de cabeças de frangos, registrando um incremento de 11% em relação à totalidade de aves abatidas em 2022.

Esse incremento decorre, principalmente, do reinício das operações da nova unidade frigorífica de Guatambu (SC), submetida a um grande programa de ampliação e modernização que elevou sua capacidade de abate de 115 mil aves/dia para 414,8 mil aves/dia. No ano passado, a produção in natura de carnes de aves aumentou 3,2% para 665,9 mil toneladas e a industrialização se manteve em 58,3 mil toneladas.

Aumento nas exportações

Em 2023, a Aurora Coop obteve no mercado interno 65,5% de suas receitas, enquanto o mercado externo respondeu por 34,5%. O crescimento da presença da Aurora Coop no mercado mundial nos últimos 10 anos foi superior a 700%. Há uma década, em 2013, as exportações representavam 18,6% da receita operacional bruta.
 

Investimentos e perspectivas

Visando manter a posição de terceiro maior grupo agroindustrial brasileiro do segmento da proteína animal, a Aurora Coop investiu R$ 2,7 bilhões no último triênio para a modernização e ampliação das unidades fabris e a aquisição de novas plantas industriais. O plano de investimentos da Aurora Coop permitiu inversões de R$ 1,021 bilhão em 2021, R$ 793,6 milhões em 2022 e de R$ 939,1 milhões em 2023, com a criação de cerca de cinco mil novos postos de trabalho.

Para 2024, estão previstos a ampliação do Frigorífico Aurora São Gabriel do Oeste (MS), o atendimento à rampa de crescimento de abate do Frigorífico Aurora Guatambu (SC), cuja ampliação foi concluída, a reavaliação do mix produzido em cada planta industrial, com foco em maximização de resultados, e a otimização das linhas do recém-adquirido Frigorífico Aurora Castro (PR). Simultaneamente, entrará em produção a Unidade Industrial Aurora Chapecó II para a produção de empanados, peito cozido e peito desfiado.  

Com informações da Aurora.

Notícias relacionadas

Indústria News

Inscreva-se e receba diariamente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina.
Confira edições anteriores.