Semelhante a WorldSkills Competition, a BRICS Skills Challenge reúne estudantes de educação profissional dos países membros fundadores do grupo político de cooperação: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul; objetivo é aperfeiçoar técnicas e alcançar a excelência na execução das tarefas de cada ocupação; o catarinense Rafael de Borba é o único brasileiro que participa

Florianópolis, 01.10.2018 – O estudante catarinense Rafael de Borba, do SENAI em Palhoça, é o único brasileiro a participar esta semana (2 a 4 de outubro) do Desafio de Habilidades do BRICS (BRICS Skills Challenge, na sigla em inglês), uma competição semelhante à WorldSkills Competition, que reúne estudantes de educação profissional dos países membros do grupo de cooperação: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, que é a anfitriã do evento. O torneio ocorre em Joanesburgo e a participação do Brasil é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI). 

Rafael participa da prova na ocupação Aircraft Sheet Metal, que se refere às estruturas metálicas da aeronave. A tendência é o uso de metais mais leves, como o alumínio e a fibra de carbono, para a aeronave voar e ter eficiência energética em termos de combustível. Os participantes do desafio são certificados ao final do evento, que não tem o objetivo de premiar os melhores, mas sim, de aprimorar técnicas e alcançar a excelência nas ocupações. 

O evento inclui ainda desafios nas áreas de segurança cibernética, análise de dados, automação, robótica industrial, impressão 3D, tecnologia drone e outras habilidades futuras nos setores de engenharia, manufatura digital e transporte. 

André Leopoldino, Rodrigo Campos e Daniel de Aviz, especialistas do SENAI/SC, acompanham o desafio nas modalidades Cyber Security (segurança cibernética), Aircraft Sheet Metal (estruturas metálicas para aeronaves) e CNC Multi-Axis Machining (usinagem multiaxial controlada numericamente por computador), respectivamente. Além deles, Marcelo Strehl, do SENAI em Alagoas, Anderson Scarlassara, do SENAI em São Paulo, e Jeferson Mateucci, do Departamento Nacional do SENAI, também acompanham o torneio, que deve ser realizado no Brasil em 2019. 


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
48 | 3231 4244
imprensa@fiesc.com.br 
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco