Seriedade e comprometimento marcam setor de educação em Cingapura

Há um alinhamento ao plano nacional do governo, que se desdobra do Ministério da Educação até a escola
Imprimir
  • Comitiva catarinense visitou a Ngee Ann Politytechnic, instituição similar ao SENAI, com atuação em educação profissional e consultorias

Florianópolis, 04.5.2017 – Chama a atenção da delegação do Movimento Santa Catarina pela Educação em Cingapura a forma como a educação é tratada naquela Cidade-Estado. Há um alinhamento ao plano nacional do governo, que se desdobra do Ministério da Educação até a escola e o discurso do ministro da Educação ganha força de lei. “É tudo levado a sério, com responsabilidade e comprometimento”, afirma o presidente da FIESC, Glauco José Côrte, que lidera a missão. Nesta quinta (4), a comitiva catarinense visitou a Ngee Ann Politytechnic, instituição similar ao SENAI, com atuação em educação profissional e consultorias. O objetivo do encontro foi identificar oportunidades de parcerias. Nas conversas com profissionais da área da educação, são valorizados aspectos como a importância de continuar sendo relevantes para o mundo, reconhecimento e meritocracia.

Cingapura lidera o ranking de 2015, o mais recente, do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA), da OCDE, nas três categorias avaliadas – matemática, ciência e leitura. Além de Côrte, integram a comitiva o presidente da Fecomércio, Bruno Breithaupt, e executivos das duas federações.

A comitiva do Movimento Santa Catarina pela Educação tem representações das Federações das Indústrias (FIESC) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), incluindo seus presidentes Glauco José Côrte e Bruno Breithaupt, respectivamente. Também integram o grupo o vice-presidente da Fecomércio, Célio Spagnoli; o assessor do Movimento SC pela Educação, Antônio José Carradore, e o diretor de articulação e inovação do Instituto Ayrton Senna, Mozart Ramos Neves, além dos técnicos do Serviço Social do Comércio (SESC/SC), incluindo o diretor regional, Roberto Anastacio Martins; o diretor de programação social, Eduardo Makowiecki Júnior, e o gerente de educação, Valdemir Klamt. O retorno está previsto para o dia 6 de maio.

 

Assessoria de Imprensa

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina