Por conta das condições climáticas, muitos estudantes estão sem luz e sem acesso à internet; acompanhe nas redes das entidades a nova data do encontro que será transmitido pelo YouTube do SENAI/SC


Florianópolis, 01º.07.2020 – O primeiro aulão preparatório para o ENEM, que seria transmitido pela rede SESI SENAI nesta quarta (1º), terá nova data. A mudança visa oportunizar a participação de mais estudantes, que no momento estão prejudicados com a falta de energia e de acesso à internet por conta do impacto causado pela passagem de um ciclone extratropical no estado. 

Mesmo com a indefinição quanto às datas de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), docentes da rede SESI SENAI seguem preparando estudantes para a prova que é considerada uma das principais portas de entrada para a graduação. Os aulões virtuais são gratuitos para a comunidade e preparatórios para o exame. Qualquer aluno pode acompanhar o conteúdo gratuitamente, basta se inscrever aqui.

Os aulões revisarão questões relacionadas a ciências da natureza, matemática, ciências humanas e linguagens. Os outros dois encontros seguem previstos para os dias 21 de julho e 7 de agosto, também às 10 horas. As atividades são conduzidas por docentes de Brusque, Chapecó, Concórdia, Florianópolis, Itajaí, São Miguel do Oeste e Tijucas. 

Na rede SESI e SENAI, os estudantes que farão o ENEM tiveram suas inscrições pagas pela escola. A estratégia foi adotada para estimular a participação no exame. Eles também já participaram de um aulão preparatório no dia 18 de junho. Veja como foi:

 

::: Estratégias digitais ajudam jovens a se preparar para a graduação

Aulas online, desafios, lives e simulados estão entre as atividades que os estudantes da rede SESI SENAI têm realizado diariamente, especialmente aqueles que cursam o ensino médio. Entre os principais objetivos dessa turma está o de ingressar em uma graduação ou em um curso profissionalizante. Por isso, as escolas da rede têm realizado uma verdadeira escalada na preparação dos alunos, oferecendo diversos recursos digitais para manter a rotina de estudos.

“Nossos estudantes estão cada vez mais integrados ao mundo tecnológico e interagem quase que instintivamente com os recursos digitais. Como temos uma série de tecnologias educacionais à disposição, conseguimos oferecer um ensino online de qualidade na rede SESI SENAI”, avalia o diretor de educação e tecnologia da FIESC, Fabrizio Machado Pereira.

Em Lages, a escola SESI SENAI realizou uma live, com foco no Enem, revisando questões de química, matemática, história, geografia, português, sociologia e filosofia. Assista.

Docentes de Criciúma também organizaram um seminário online para debater a relação do coronavírus com várias áreas do conhecimento (biologia, química, física, estatística - gráficos e índices). 

::: Confira o que os alunos estão achando das aulas online.

“Além das ferramentas oferecidas pelo Google for Education, como documentos e apresentações compartilhadas, formulários de pesquisa e avaliações, e o Meet para as aulas ao vivo, contamos com a plataforma Geekie One na qual os estudantes podem consultar materiais e fazer atividades. A evolução é gigantesca em relação aos livros didáticos”, explica o gerente de educação básica da rede, Thiago Korb. A plataforma também permite a realização de simulados baseados nas provas de acesso à graduação (vestibulares). 

O professor Lucas Flor, que ministra aula para turmas de ensino médio do SESI SENAI em Florianópolis, conta que os estudantes têm se destacado nas atividades online, mantendo o mesmo ritmo das aulas presenciais. “É possível perceber que muitos alunos investem um tempo considerável dedicando-se a uma mesma atividade, sem dispersarem-se com frequência, aumentando a qualidade daquilo que produzem. Interessante notar também que, a partir de propostas abertas, os alunos buscam diferentes ferramentas digitais, já que, em aulas presenciais, usualmente são outras competências e habilidades que dão destaque às produções”, avalia.


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
 

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina