Departamento Regional de Santa Catarina alcançou um dos três melhores resultados entre todos os estados brasileiros em 2020; a premiação, concedida pelo SENAI Nacional, considera resultados e sustentabilidade em educação profissional e tecnológica, tecnologia e inovação e eficiência operacional

Florianópolis, 16.4.2021 - O SENAI/SC está entre os três departamentos regionais da instituição com melhor desempenho de gestão em 2020. O resultado foi anunciado nesta sexta (16), durante a reunião on-line dos diretores regionais da instituição. Os critérios de avaliação consideram indicadores associados à educação profissional e tecnológica, tecnologia e inovação e eficiência operacional.

“É uma conquista muito importante, especialmente porque ocorre pela terceira vez consecutiva e num momento de grandes incertezas, demonstrando a capacidade de adaptação de nossa instituição às necessidades da indústria e do mercado. Neste contexto, a ênfase à educação a distância foi um diferencial para a manutenção do bom nível educacional, o que foi possível pela experiência de muitos anos do SENAI na área”, disse o presidente da FIESC, Mario Cesar de Aguiar.

“A vitória de todos. Temos um time coeso, que trabalha junto. É resultado de decisões racionais tomadas durante a pandemia, de uma gestão que busca um crescimento consistente e contínuo”, celebrou o diretor regional do SENAI/SC, Fabrizio Machado Pereira. “Temos um modelo que permite agilidade na tomada de decisão. Sabemos que sempre temos possibilidades de melhorar os processos, e estamos fazendo isso”, finalizou.

No âmbito da educação profissional, são considerados a sustentabilidade operacional, empregabilidade de egressos, custos, percentual de matrículas de cursos técnicos a distância, percentual de conclusão de cursos, entre outros fatores. Os critérios da área de inovação e tecnologia são a sustentabilidade operacional, o percentual da receita desses serviços em relação à contribuição compulsória, o custo da hora de consultoria e o aumento de produtividade das empresas atendidas nos programas de produtividade industrial. No âmbito da eficiência operacional, constam o percentual de recursos destinados às atividades-fim e o impacto da folha de pessoal sobre o orçamento.

O Departamento Nacional do SENAI, que concede a premiação anual, já lançou a proposta para a premiação do ciclo 2021. Este foi o terceiro ciclo consecutivo que o SENAI/SC ficou entre os três primeiros colocados. Em 2020, o SENAI de Goiás obteve a primeira colocação e o do Rio Grande do Sul ficou em segundo lugar.
 


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

 

 

 

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina