Evento de lançamento reforça parceria com empresa e realiza aula inaugural da nova turma do Curso Técnico em Eletromecânica do SENAI em São Francisco do Sul



Florianópolis, 28.7.2022 - O programa Sustentabilidade Técnica vem transformando, desde 2018, o futuro dos jovens de São Francisco do Sul que buscam qualificação profissional para o mercado de trabalho. Fruto da parceria do SENAI, entidade da FIESC, com a empresa ArcelorMittal Vega, agora o programa amplia seus horizontes e lança uma nova frente de atuação: o Programa Sustentabilidade Técnica Júnior.

O anúncio da ampliação do programa foi realizado nesta quarta (27) em evento realizado pela ArcelorMittal Vega. Além do novo programa, o evento marcou a aula inaugural de uma nova turma do curso técnico em eletromecânica, executado pelo SENAI de São Francisco do Sul. Os 40 novos alunos selecionados iniciam as aulas no dia 1° de agosto. O curso tem dois anos de duração e todo investimento é aportado pela ArcelorMittal na formação dos estudantes. 

“Esse evento celebra o sucesso da educação. O sucesso da união de esforços de pessoas que não se importam somente consigo e com seus negócios, mas sobretudo com a sua responsabilidade para com os outros e com a comunidade”, destacou Fabrizio Machado Pereira, diretor-regional do SENAI/SC. Ele destacou os 19 anos de operação da ArcelorMittal Vega em São Francisco do Sul, completados em julho, e a contribuição da unidade para a dinâmica de negócios e a cadeia de fornecedores da região, proporcionando geração de renda, arrecadação e desenvolvimento.

"Mais do que propiciar desenvolvimento, educação e oportunidades para esses alunos de São Francisco do Sul, o programa tem permitido a cada jovem sonhar e acreditar que pode ocupar vagas na indústria, não somente na unidade da ArcelorMittal Vega, mas onde ele quiser", ressalta o gerente-geral da ArcelorMittal Vega, Sandro Sambaqui.


O Programa Sustentabilidade Técnica Júnior
O Programa Sustentabilidade Técnica Júnior será patrocinado pela ArcelorMittal Vega e conta com a parceria do SESI e do SENAI. O novo modelo é direcionado aos alunos das fases iniciais do ensino médio de escolas públicas de São Francisco do Sul, com idades entre 15 e 17 anos, em situação de vulnerabilidade social e, inicialmente, vai selecionar 50 alunos, incluindo pessoas com deficiência. 

A construção do escopo do Programa Sustentabilidade Técnica Júnior também contou com o apoio de entidades da sociedade de São Francisco do Sul que, por meio de um Fórum Consultivo, deram contribuições para a construção do modelo do programa. 
O SESI irá focar no acompanhamento psicopedagógico destes jovens, enquanto o SENAI irá trabalhar no desenvolvimento de hard skills (habilidades técnicas) e soft skills (habilidades interpessoais).

 

Com informações da Logos Comunicação.


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina