Expansão foi de 36,5% em março na comparação com o mesmo mês em 2020. Resultado foi influenciado pela alta nos setores de máquinas e equipamentos, metalurgia e automotivo

Florianópolis, 12.5.2021 - A produção industrial de Santa Catarina cresceu 36,5% em março na comparação com o mesmo mês em 2020. O resultado, puxado pelos setores de máquinas e equipamentos (127,8%), metalurgia (67,3%), automotivo (66,9%), vestuário e acessórios (66,1%) e produtos têxteis (53%), foi o melhor do país no período. Os números confirmam a retomada da indústria após quedas significativas nos primeiros meses da pandemia em 2020, mostra a análise do Observatório FIESC, elaborada a partir dos dados do IBGE. No mesmo período, o Brasil cresceu 10,5%. Já no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período em 2020, a produção catarinense teve expansão de 17,8% enquanto a média brasileira foi de 4,4%.

:::::::::: Clique aqui e veja os dados completos

↪️ Acompanhe as novidades sobre a economia de SC: entre no canal do Observatório FIESC no Telegram
Clique no link ? http://t.me/observatoriofiesc

A análise da FIESC destaca que, pela primeira vez desde março de 2020, Santa Catarina registra saldo positivo na produção industrial acumulada nos últimos 12 meses, acompanhando a recuperação na atividade que vem ocorrendo desde agosto do ano passado. O resultado foi influenciado principalmente pelo crescimento produtivo nos setores de máquinas e equipamentos, metalurgia e automotivo. No mesmo período de comparação, a produção industrial brasileira registrou queda de 3,1%. Isso mostra a diversificação da indústria catarinense e sua maior capacidade de resiliência perante o cenário nacional. 

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina