Nova edição destaca soluções para a logística, a inovação e a educação e oportunidades de negócios nos EUA, no setor de lácteos e no mercado de pets, dentre outros temas

>>>> Clique aqui para ler a íntegra da revista

Florianópolis, 17.12.2021 - Com 68% de participação na matriz de transportes catarinense, as rodovias estão no centro das discussões sobre o desenvolvimento econômico e social do Estado. A reportagem de capa da edição de novembro da revista Indústria & Competitividade, da FIESC, aponta soluções de curto prazo baseadas em estudos técnicos da Federação para melhorar a segurança e a fluidez das principais estradas, além de ressaltar a necessidade de se realizar um planejamento sistêmico e integrado para a logística catarinense, com ênfase na intermodalidade. A reportagem sintetizou os diversos eventos realizados no âmbito do movimento Santa Catarina não Pode Parar, encabeçado pela FIESC, e também ouviu empresários, usuários e gestores das principais rodovias do Estado, mostrando os entraves ao desenvolvimento e apontando as perspectivas de melhorias dos principais eixos. 
    
O tema das rodovias também foi tratado na entrevista principal da edição, realizada com a deputada federal Angela Amin (PP-SC). Coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, responsável por organizar a bancada parlamentar para a defesa dos interesses do Estado junto ao governo federal, a deputada relata as dificuldades históricas de se obter dinheiro para Santa Catarina em Brasília e também de se fazer com que obras federais andem no Estado, mesmo quando há recursos disponíveis.

    A edição traz ainda detalhes de um processo de inovação aberta bem sucedida, o desenvolvimento de um sistema de gestão logística para a Whirlpool. O projeto envolveu múltiplos atores de competências complementares e gerou resultados em tempo recorde. Outra reportagem detalha como são formados os trabalhadores que irão operacionalizar a transformação digital da indústria de Santa Catarina, por meio de diversas iniciativas do SENAI-SC em educação 4.0.

    O comércio exterior é abordado em uma matéria sobre as oportunidades que a indústria de Santa Catarina tem encontrado nos Estados Unidos, país que se tornou o maior importador de produtos catarinenses. O mercado norte-americano é cobiçado, exigente e busca alternativas de fornecimento aos chineses, criando um espaço que pode ser parcialmente ocupado por Santa Catarina. Já o perfil da edição conta a história de Cláudio Frank, CEO da Sollos, uma indústria de móveis catarinense premiadíssima no exterior pelo seu design e fornecedora para diversos países, dentre eles os Estados Unidos.

    Os desafios do leite de Santa Catarina são abordados em uma reportagem sobre a indústria de laticínios, setor que deve conquistar o mercado externo para continuar crescendo de forma sustentável. O mercado dos pets é tema de outra matéria, que mostra os investimentos de gigantes da indústria para produzir alimentos para animais de estimação e as oportunidades abertas para pequenas indústrias de setores como vestuário e brinquedos.  O artigo da edição é assinado por Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria. 
 

Indignado com a situação das rodovias federais de Santa Catarina? Exija mudanças!

Participe do abaixo-assinado

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina