Em evento on-line sobre a integração produtiva entre as duas regiões, o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, defendeu o estreitamento do comércio bilateral, destacando oportunidades nas áreas de turismo e de importação de milho pela agroindústria catarinense

Florianópolis, 03.9.2019 – O presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, defendeu o estreitamento e o aprofundamento de negócios catarinenses com o Paraguai. “Há uma necessidade mundial de regionalizar a produção”, afirmou, ao salientar a oportunidade de ampliação do comércio bilateral. Ele falou durante o webinar “Desafios e oportunidades regionais de integração produtiva entre Santa Catarina e o Paraguai”, promovido nesta quinta (3) pela Câmara de Comércio Paraguai Brasil (CCPB) e que contou com a participação da ministra de Indústria e Comércio daquele país, Liz Cramer, e do embaixador brasileiro em Assunção, Flávio Soares Damico.

Entre as oportunidades de ampliação de negócios, Aguiar destacou a possibilidade de importação catarinense de milho paraguaio, devido à grande necessidade do insumo pelo setor agroindustrial do estado. O presidente da FIESC também ressaltou a possibilidade de incremento do turismo.
Liz Cramer relatou as reformas da gestão pública que o governo de seu país vem realizando. Segundo ela, essas mudanças foram aceleradas por causa da pandemia.

O evento foi moderado pelo vice-presidente da CCPB, Antônio Carlos dos Santos. Os demais painelistas foram o diretor superintendente do SEBRAE-SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca; a presidente da Câmara de Comércio Exterior da FIESC, Maria Teresa Bustamante, e o gerente de internacionalização do SEBRAE-SC, Felipe Galotti.

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina