Indústria da construção civil conta com a atenção de especialistas em saúde e segurança para promover ambientes mais seguros


Florianópolis, 27.6.2022 - Canteiros de obras têm se tornado cada vez mais seguros com o apoio de um programa setorial que visa prevenir acidentes de trabalho. É o caso do ‘Obra Mais Segura’, uma iniciativa do SESI, entidade da FIESC, e do Serviço Social da Indústria da Construção Civil (Seconci), que conta com a participação de profissionais da construção civil e de especialistas em saúde e segurança para promover ambientes mais seguros. O programa foi apresentado na reunião da Câmara da Indústria da Construção Civil da FIESC, no dia 23. 

O programa consiste em transformar profissionais do canteiro de obras em “Supervisores Obra Mais Segura”, conhecidos como SOMAS. Estes agentes realizam inspeções com o objetivo de garantir a conformidade legal e evitar riscos graves e iminentes. 
Para as obras que mantêm de forma contínua estas condições, o programa realiza a certificação do canteiro com o selo ‘Obra + Segura’ e promove ações voltadas à saúde do trabalhador. O reconhecimento é uma forma de valorizar os canteiros de obras que possuem boas práticas e mantém um padrão elevado de segurança.

De acordo com a gerente de saúde e segurança na indústria, Sendi Lopes, o programa apoia no cumprimento das legislações de SST vigentes, além de prevenir acidentes e elevar a segurança jurídica. “Indústrias de qualquer porte podem ter uma atuação proativa e preventiva para segurança de seus trabalhadores com o apoio do programa. Isso favorece o aumento de produtividade e reduz os custos associados a afastamentos, multas e ações trabalhistas, por exemplo”, destaca Sendi.

Para aderir ao programa Obra Mais Segura, basta procurar o SESI ou Seconci mais próximo. 
 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina