Oitava edição do programa segue até sexta-feira (27), em Florianópolis; imersão tem parceria com a escola de negócios Politecnico Milano, de Milão (Itália), com foco no significado do produto para o usuário e no comportamento dos consumidores 

Florianópolis, 25.9.2019 – Executivos de todo o país participam até sexta-feira (27) do Programa Internacional de Educação Executiva que o SENAI e o IEL, entidades da FIESC, realizam em Florianópolis. A formação aborda o tema design driven innovation (inovação guiada pelo design, em tradução livre) e é conduzida por professores da Politecnico Milano, uma das maiores escolas de negócios da Itália, conhecida por reinventar a estratégia de grandes multinacionais. 

“É um programa que dialoga com a nossa agenda e com a internacionalização dos negócios das empresas, das suas carreiras. Fomos buscar parceiros mundialmente consagrados no que tange à liderança, design e inovação. É por meio de novos conceitos e metodologias que podemos ajudar as empresas a olhar para as necessidades ocultas dos seus clientes para serem mais exitosas na mudança dos modelos de negócios e alavancar seus produtos e serviços”, destacou o diretor-regional do SENAI, Fabrizio Machado Pereira, ao dar as boas-vindas aos executivos que participam da imersão. 

Durante o programa, os participantes terão a oportunidade de interagir e debater com os professores Cláudio dell’Era e Stefano Magistretti. Os objetivos são entender o valor do design driven innovation como uma fonte de vantagem competitiva, absorver o processo inovação guiada pelo design e desenvolver soluções inovadoras. O foco do programa é o desenvolvimento de uma cultura que fomente a criatividade e a inovação dentro das organizações, alinhando tradição e experiência com os novos desafios. 

“Vamos compartilhar a experiência que já desenvolvemos em gestão da inovação baseada em design e ensiná-los a aplicar esse tipo de abordagem e suas variações para enfrentar os desafios atuais”, explicou o professor Cláudio dell’Era. “Vamos falar sobre experiência, conceitos de inovação, como identificar e debater como aplicar o conceito de inovação para situações específicas, procurando aconselhar e dar suporte para o melhor desenvolvimento por meio do design driven innovation”, complementou Stefano Magistretti. 

Altino Signorelli Farias, gerente de engenharia da Schulz Compressores, participou de outras edições do programa e conta que é possível perceber a aplicabilidade dos conceitos difundidos durante a imersão e ampliar a rede de relacionamento. “É um programa muito interativo. Existe a possibilidade de trocar experiências com outras empresas e executivos e criar esse conceito de continuidade. São diferentes enfoques”, explica. “A gente entende que, para trazer a empresa a um nível de inovação adequado, precisamos estar presentes nesse ecossistema de inovação; esse tipo de participação tem sido muito importante”, avalia. 

Além da Schulz, participam da imersão executivos das empresas Netzsch do Brasil, Damyller, GDC Alimentos, Tox Pressotechmik, Lunelli, Altenburg Têxtil, Marisol, Dass Sul, Vectra Participações, Ambev, Mueller Fogões, Docol, Weg, Intelbras, Kyly, Plaszom Zomer, Eliane, Avelino Bragagnolo, Simovale, Buddemeyer, Engie Brasil, Temasa, Polpa Brasil, Bünge, Estaleiro Navship, Apti Alimentos, Karsten, Weld Vision, Döhler, Aurora Alimentos, Klabin, WestRock, Serede, Duas Rodas, Eletrosul, Pamplona, Frame, Celulose Irani, Termotécnica e Schneider. 
 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
imprensa@fiesc.com.br | 48 3231 4244
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco