Projeto desenvolvido por Wagner Severgnini, de Caçador, foi eleito o terceiro melhor do país na categoria ensino fundamental (anos finais) do prêmio promovido pelo Instituto Significare e a Bett Brasil; outras iniciativas da rede de educação básica do SESI e do SENAI também se destacaram

 
Florianópolis, 18.5.2022 - Com um projeto voltado ao despertar da consciência social dos estudantes, o docente Wagner Severgnini, da Escola S de Caçador, foi um dos três educadores reconhecidos no Prêmio Professor Transformador, promovido pelo Instituto Significare em parceria com a Bett Brasil. O anúncio foi feito na segunda-feira, dia 15. 

No projeto “Aquecendo Corações” os alunos prepararam uma sopa oferecida gratuitamente à comunidade em situação de vulnerabilidade de Caçador. Eles foram responsáveis pelo gerenciamento, organização do processo operacional, armazenamento e distribuição. De acordo com o professor, o projeto impactou 80 famílias da cidade abordando temas como trabalho, empatia, cooperação, responsabilidade e cidadania.

Além de Wagner, outras duas docentes se destacaram, chegando às semifinais do prêmio: Maribel Mondo, de Braço do Norte, com o projeto “Lixo no lugar certo”; e Katia Gastaldi, de Brusque, com a iniciativa “Arte por toda parte”. Os dois projetos foram desenvolvidos com jovens e adultos que frequentam os cursos da Escola S. 


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina