A FIESC espera que todas as questões ligadas ao processo se definam com máxima celeridade, para evitar a paralisia total do Estado e a perda de novos investimentos.

O afastamento do governador está previsto na Constituição de Santa Catarina e, portanto, é parte do rito democrático deflagrado pelo Legislativo. A FIESC espera que todas as questões ligadas ao processo se definam com máxima celeridade, para evitar a paralisia total do Estado e a perda de novos investimentos. O foco do novo governo deve ser a união dos catarinenses e a defesa dos interesses do estado.

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina