Compartilhar:

Por meio de iniciativa + Respiradores, empresas recebem apoio do SENAI e têm potencial para produzir até 8,2 mil ventiladores pulmonares por mês e ampliar a oferta dos aparelhos usados no tratamento de pacientes graves da covid-19

Florianópolis, 18.5.2020 - Um dos projetos fomentados pelo SENAI envolve a parceria entre a empresa Novitech Equipamentos Médicos, de São Bernardo do Campo (SP) e a Whirlpool, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid. A Novitech já fabrica respiradores artificiais, certificados pela Anvisa, mas tem uma produção limitada a uma dezena de equipamentos por mês. O aparelho modelo Vento S tem o seu uso indicado para pacientes adultos, infantis e neonatais que estejam em condição de insuficiência respiratória, permitindo a ventilação de pacientes desde prematuros de baixo peso até obesos mórbidos. O Vento S terá sua produção elevada para 100 ventiladores por mês na planta da Novitech. É um respirador pulmonar microcontrolado (microprocessado) e projetado para fornecer suporte ventilatório de forma eficiente e confiável. 

A ideia central da parceria é que cada uma das empresas contribuirá com sua expertise. A Whirlpool, por exemplo, dará suporte com seu know how de aumento de produtividade, para garantir a produção em escala dos respiradores. Já a Novitech oferecerá suas instalações para a produção dos equipamentos, uma vez que a empresa detém os direitos e a aprovação da Anvisa para a realização da atividade.

A expectativa da Novitech, segundo o diretor industrial, Rogério Yamane, é obter um crescimento sustentável da capacidade produtiva. “Essa mudança é muito delicada e para que seja bem conduzida, precisamos consolidar novas formas de trabalho, reforçar e mudar a cultura dos colaboradores e, especialmente, contar com o apoio de fornecedores”, afirma Yamane.

 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco