Compartilhar:

Peça será usada em iniciativa para produção de face shields, uma espécie de viseira, a serem utilizadas por profissionais da saúde em complemento às máscaras, luvas e toucas; iniciativa é liderada pelo SENAI em parceria com a Associação Brasileira da Indústria da Ferramentaria (Abinfer)

Florianópolis, 06.4.2020 – Um molde para a produção de suportes de face shields, uma proteção facial (espécie de viseira) que auxilia no enfrentamento ao novo coronavírus foi embarcado nesta segunda-feira (6) de Joinville para Manaus. A peça integra a iniciativa que envolve em torno de 40 a 50 indústrias de todo o país na meta de produzir 500 mil unidades até o dia 10 de abril, destinando o material aos profissionais da saúde, que devem usar como complemento aos demais itens de segurança, como máscaras, luvas e toucas. Coordenada pelo SENAI/SC e Associação Brasileira da Indústria da Ferramentaria (Abinfer), a estratégia começou com a identificação de produtores de moldes e, na segunda etapa, de empresas que fazem a injeção do plástico.

Saiba mais:
::: Rede solidária de indústrias do país planeja produzir 500 mil protetores faciais para profissionais da saúde


A peça, produzida pela Ferramentaria JN, foi transportada de caminhão até Florianópolis, de onde será levada para o Norte do País por avião. Ela será usada por uma indústria amazonense que fará a injeção termoplástica, que dará forma ao suporte da viseira. Esse modelo com injeção termoplástica, permite a produção de 360 unidades do suporte por hora. Estão sendo confeccionados 12 moldes nos estados de Santa Catarina (dois, em Joinville), Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais, e que serão distribuídos para as parceiras que farão a injeção.

 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco