Desafio tem foco em garantir uma qualidade de vida melhor, evitar o sedentarismo e promover a saúde; estudantes de escolas públicas e particulares podem participar gratuitamente das competições que serão realizadas on-line

Florianópolis, 19.02.2021 - As inscrições para o Torneio de Robótica FIRST Lego League - Challenge, organizado pelo Serviço Social da Indústria (SESI), estão abertas. De 8 de fevereiro a 12 de março, equipes compostas por até 10 competidores e treinadas por dois adultos, podem se inscrever no canal do Torneio de Robótica para competir na etapa regional que ocorre de forma on-line nos dias 9 e 10 de abril. As equipes classificadas nesta fase garantem vaga para o Festival SESI de Robótica, que será realizado entre 28 e 30 de maio. 

Para participar, os competidores devem ter de 9 a 16 anos e podem representar uma escola pública ou particular, clube, organização ou simplesmente formar um time formado por um grupo de amigos, mais conhecido como equipes de garagem. A recomendação é de no mínimo quatro competidores por time. 

Devido à pandemia da Covid-19, a competição será realizada remotamente, e seu principal ambiente de avaliação será pela FIRST REH (Remote Event Hub), uma plataforma oficial da FIRST desenvolvida especialmente para os torneios online. Com o intuito de demonstrar a funcionalidade da ferramenta, o SESI realizará uma live nesta quarta-feira (23), para técnicos e equipes, e outra no dia 2 de março, para os juízes.  

Temporada 2020/2021 traz novos desafios
Para a nova temporada, o tema é RePLAY. O intuito é incentivar a prática de atividades físicas para garantir uma qualidade de vida melhor, evitar o sedentarismo e promover a saúde.

Deste modo, os participantes devem pensar em formas inovadoras de motivar e tornar as pessoas mais ativas. Este é o primeiro critério de avaliação: Projeto de Inovação.

No Desafio do Robô as equipes colocam em prática o que foi idealizado e o robô realiza 14 missões específicas, tais como: capturar, transportar, ativar ou entregar objetos em um tapete oficial da competição. Cada time tem direito a três rounds para completar o máximo de tarefas possíveis durante 2 minutos e 30 segundos.

Para avaliar o Design do Robô, os juízes levam em consideração sensores de movimento, cor, controladores e motores, além da programação e estratégia utilizadas. A capacidade da equipe em demonstrar o que foi feito e como foi feito, bem como explicar a evolução do trabalho até o projeto final também são fatores avaliados pelos juízes.

Por fim, são verificados os Core Values. Esta categoria visa manter a competição amigável, com ganho mútuo. Deste modo, o trabalho em equipe, com inclusão, diversão e inovação são considerados.


Com informações da Agência CNI.


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina