Para a FIESC, medida corrige uma distorção histórica e representa um passo importante para aumentar a competitividade de quem produz no estado

Florianópolis, 27.2.2020 – A nova alíquota de ICMS para a indústria de Santa Catarina entra em vigor no próximo domingo, dia 1° de março. A diminuição de 17% para 12% nas transações dentro do estado corrige uma distorção histórica, avalia a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). Para a entidade, que há muitos anos defende a medida, trata-se de um passo importante para aumentar a competitividade de quem produz em Santa Catarina.

“A medida equaliza a situação tributária da indústria catarinense, com a das empresas instaladas em outros estados, que pagam 12%. Não fazia sentido a nossa indústria ter uma carga tributária maior do que a dos estados vizinhos. Por isso, a mudança vai estimular a produção e, por consequência, a geração de empregos e riqueza em Santa Catarina”, afirma o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar.


“Com a nova alíquota, a indústria catarinense será ainda mais fortalecida, pois poderá comprar produtos locais com o mesmo percentual de imposto do Paraná e Rio Grande do Sul. A medida transfere a carga tributária da indústria para o varejo, movimentando os negócios e a cadeia produtiva dentro do Estado”, ressalta o secretário da Fazenda de Santa Catarina (SEF), Paulo Eli.


Com informações da Secretaria da Fazenda

 

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco