Encontro realizado pela Federação em Chapecó, em parceria com a ACIC, detalhou aspectos importantes que devem ser contemplados nos projetos submetidos à apreciação dos ministérios

Florianópolis, 18.7.2019 – A FIESC promoveu nesta terça-feira (16) oficina para elaboração de projetos sociais, por meio do Fundo Social, em Chapecó. A capacitação foi ministrada pelo consultor especializado em incentivos fiscais, Marcos Molinari, que abordou temas relacionados às principais etapas para elaboração de projetos sociais, detalhando ferramentas e o passo a passo necessários ao processo de aprovação e captação de recursos.

De acordo com Molinari, muitas instituições têm boas ideias, mas não conseguem transformá-las em projetos bem estruturados, de modo que o investidor possa entender a proposta e qual é a demanda para poder apoiar. “Debatemos tópicos gerais de um projeto. Eles variam conforme o edital ou a linha de financiamento, mas no âmbito geral, 80% a 90% dos projetos são iguais, ou seja, todos precisam ter apresentação, justificativa, metodologia, objetivos, cronograma etc descritos de maneira lógica, concatenada e consistente para que tenham maior chance de aprovação”, descreveu.

O gerente de operações do SESI/SENAI da região Oeste, Jardel Carminatti, destacou que, paralela à atividade de capacitação das entidades, a FIESC está fazendo uma mobilização para conscientização das empresas para a renúncia fiscal. “Não adianta termos bons projetos, com serviços importantes para a comunidade regional, ser não houver o aporte dos recursos por meio da renúncia fiscal”.
Investimento em projetos sociais

No ano passado, o Fundo Social recomendou mais de 50 projetos socioculturais para empresas redirecionarem parte dos impostos. Em Santa Catarina, mais de 2 mil indústrias podem fazer uso do incentivo fiscal. Juntas, elas somam um potencial de R$ 200 milhões, que podem ser investidos em projetos sociais anualmente.

Na região de Chapecó, foram recomendados 12 projetos que estão listados na plataforma de gestão do programa. As empresas cadastradas na plataforma podem visualizar os projetos e direcionar parte do seu imposto de renda devido a iniciativas socioculturais. O cadastro é gratuito.
Para saber mais sobre as leis de incentivo fiscal e o Fundo Social, acesse https://fundosocial.sesisc.org.br/


Com informações da MB Comunicação. 


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
imprensa@fiesc.com.br | 48 3231 4244
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco