Por meio da calculadora, indústria confere seus indicadores e pode estabelecer ações prioritárias na área de SST, além de estimar o impacto no imposto previdenciário


Florianópolis, 26.10.2021 - Para definir medidas prioritárias em saúde e segurança no trabalho, indústrias de todos os portes podem consultar a calculadora on-line desenvolvida pelo SESI, entidade da FIESC. A ferramenta auxilia no mapeamento dos principais indicadores de acidentes e adoecimento relacionados ao trabalho, além de possibilitar a estimativa do impacto no imposto previdenciário (FAP) permitindo a comparação com outras companhias do mesmo segmento de atividade.

>> Acesse e consulte os indicadores da sua empresa informando o CNPJ e o código CNAE.    

“A segurança e a saúde no trabalho são fatores primordiais para o aumento da competitividade da indústria. Ambientes seguros e salutares oferecem ao trabalhador condições adequadas para a realização de suas tarefas diárias e, desta forma, favorecem a produtividade”, lembra a gerente de Segurança e Saúde na Indústria, Sendi Locks Lopes.

A ferramenta compara o desempenho dos indicadores da empresa, frequência de afastamentos e de acidentes de trabalho, itens que pesam no cálculo do imposto. “É possível que a empresa se compare com a média das outras companhias do mesmo CNAE. Por exemplo, se o número de afastamentos está alto comparado com outras empresas, a indústria pode estudar ações que melhorem estes indicadores de saúde”, explica Sendi.

Para ajudar as indústrias a promoverem um ambiente de trabalho seguro, o SESI oferece diversos serviços em SST como cursos, diagnósticos, exames, programas legais e consultorias.

>> Conheça os serviços oferecidos pelo SESI para a sua empresa.
 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina