Segunda live da série que o Fundo Social da FIESC realiza até novembro detalha como parte do imposto de renda devido por empresas pode viabilizar projetos aprovados via Lei de Incentivo à Cultura


Florianópolis, 20.10.2020 – Parte do imposto de renda devido por empresas pode virar cultura. Esse foi o tema da segunda live que o Fundo Social da FIESC realizou nesta terça (20), no canal do SESI no YouTube.  A Lei de Incentivo à Cultura, também conhecida como Lei Rouanet, é a maior fonte de financiamento de cultura no Brasil, chegando a destinar R$ 1,5 bilhão para projetos da área por ano . 

::: Perdeu a live ou quer assistir de novo? Clique aqui.

Empresas tributadas pelo lucro real podem destinar até 4% do imposto de renda devido, como explicou Mariana Kadletz, da Incentive. “Além disso, pessoas físicas que declaram o imposto de renda na modalidade completa podem destinar até 6% para a cultura. Em 2019, empresas de SC investiram R$ 36 milhões na Lei de Incentivo à Cultura”, informou Mariana.

Nelson Akimoto, diretor da Nord Electric e presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), destacou a importância do desenvolvimento social. “A gente conhece alguns projetos, encaminhados pela comunidade, e outros recomendados pelo Fundo Social da FIESC. Nosso principal critério é apoiar iniciativas em Chapecó, e quando não localizamos esses projetos, recorremos ao Fundo Social. O empresário precisa saber como fazer essa doação, assim como os contadores”, destacou. Assim, surgiu a ideia do Portal Social que a ACIC está construindo para amplificar projetos sociais na região de Chapecó. A ideia é conectar projetos da região a empresas que querem destinar parte do imposto devido.  

::: Confira quais são os temas das próximas lives:
22/10 - FIA e Fundo do Idoso, com participação da Portobello 
27/10 - Lei de Incentivo ao Esporte, com participação da WEG
29/10 - Pronon e Pronas 
03/11 - Captação de Recursos, com participação do Hospital São José de Jaraguá do Sul
 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina