Em reunião na FIESC, representantes de federações e centrais sindicais entregaram proposta de reajuste ao setor empresarial; valores são negociados entre as partes desde 2011

Florianópolis, 23.11.2021 - Representantes das centrais sindicais e federações de trabalhadores de Santa Catarina entregaram nesta terça, 23, ao presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, a proposta de reajuste do mínimo regional de Santa Catarina para o ano de 2022. Assim, foi aberta a negociação dos valores, a exemplo do que ocorreu nos últimos 11 anos. A proposta será levada pela FIESC para as demais federações empresariais. A primeira rodada de negociações está marcada para 14 de dezembro.

“Nosso desejo é entrar rapidamente em consenso, alcançando um resultado que atenda os empregadores e empregados e que possamos continuar esta parceria e boa relação entre as partes”, afirmou Aguiar.

A expectativa de fechamento rápido das negociações foi manifestada também por Ivo Castanheira, que fez a entrega do documento em nome das entidades representativas dos trabalhadores. “As entidades patronais têm demonstrado boa vontade no sentido da negociação, pois entenderam que é uma responsabilidade não só dos trabalhadores, mas também das entidades patronais”, disse.

Sobre o mínimo regional de SC

O piso salarial de Santa Catarina foi instituído pela Lei Complementar 459, de 30 de setembro de 2009, com validade para o ano de 2010. Em todos os 11 anos subsequentes, os valores foram negociados e acordados entre entidades representativas dos empregadores e dos trabalhadores. Com quatro faixas salariais, o mínimo regional se aplica exclusivamente aos empregados que não tenham piso salarial definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho. Os valores negociados entre as duas partes são transformados em projeto de lei encaminhado pelo governo à Assembleia Legislativa.


Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC
Gerência Executiva de Comunicação Institucional e Relações Públicas - GECOR

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina