Entre as ações previstas estão a construção de um projeto de dupla diplomação para os estudantes de engenharia e cursos tecnólogos de SENAI e SESI, com a possibilidade de fazer parte do curso no Brasil e outra parte no país europeu. Comitiva encerrou agenda no país nesta quarta-feira (6)

Florianópolis, 6.11.2019 – A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) encerra missão a Portugal nesta quarta-feira (6). Nesta semana, a comitiva, liderada pelo presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, cumpriu agenda em universidades e centros tecnológicos. A FIESC assinou acordo de cooperação com a Universidade Nova de Lisboa (UNL), que prevê um conjunto de ações. Entre elas, destaca-se a construção de um projeto de intercâmbio para estudantes de engenharia e cursos tecnólogos de SENAI e SESI obterem a dupla diplomação, ou seja, há possibilidade de fazer parte do curso no Brasil e outra parte no país europeu. O diploma de engenharia do SENAI, por exemplo, pode ter validade em Portugal e vice-versa.

A iniciativa faz parte da estratégia de internacionalização do ensino superior de SENAI e SESI. “Na universidade, visitamos a Nova School of Business and Economics, uma escola moderna, referência na Europa. Atua com foco em liderança estratégica e negócios. Devemos avançar na parceria entre esta escola e os institutos de inovação e tecnologia de SESI e SENAI. Também visitamos um centro tecnológico bastante avançado, que tem muita sinergia com nossos institutos”, afirma Aguiar. Ainda no país, a delegação visitou a universidade de Coimbra, centro de ensino que tem mais de 700 anos, e o Centro de Tecnologia do Vestuário (Citeve), em Porto. A instituição é referência nesta área na Europa. “Portugal tem a facilidade do idioma e é uma porta de entrada para os alunos por meio de reconhecidas universidades”, completa.

O diretor regional do SENAI Santa Catarina, Fabrizio Machado Pereira, salienta que a Nova School of Business and Economics tem se posicionado bem no ranking europeu de escolas de negócios. “E olha para o Brasil com muita atenção e de forma positiva. Inclusive, vê em Santa Catarina um ambiente interessante para a realização de parcerias com outras instituições de ensino. Então, há uma oportunidade de trabalhar com essa escola, estruturando melhor nossa oferta de educação executiva e pós-graduações, especialmente no campo da liderança estratégica. O objetivo é abrir cada vez mais o mindset para esse movimento global”, declarou.  

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco