Projeto é piloto no país e visa garantir que o trabalhador da indústria tenha acesso ao serviço com privacidade e conforto; cabine está exposta no congresso que a ABRH-SC realiza em Florianópolis nesta quinta e sexta (7 e 8 de julho)


Florianópolis, 7.7.2022 - Para garantir acesso à internet, conforto e privacidade aos trabalhadores durante as teleconsultas, o SESI está lançando uma cabine de atendimento que pode ser instalada na indústria. O novo recurso está exposto no Congresso Catarinense de Recursos Humanos (Concarh), promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-SC) em Florianópolis, nesta quinta e sexta-feira, dias 7 e 8 de julho. 

Com 2,5 metros de altura e 1,6 metro de largura, a cabine foi projetada com materiais de alta performance, que garantem a durabilidade, e sistema de ventilação, que atua na renovação de ar com 30 trocas diárias. “Por meio dessa cabine, os trabalhadores terão acesso aos serviços de  telemedicina, como consulta médica, psicológica e nutricional”, explica a gerente-executiva de saúde e segurança da FIESC, Sendi Lopes. O recurso poderá ser solicitado por indústrias que já contam com o serviço de telemedicina do SESI. 

Além da cabine, a entidade leva ao congresso informações sobre os cursos voltados à saúde e segurança do trabalhador (NRs); serviços de saúde mental; cursos de educação superior, como foco em tecnologia e nas engenharias; e serviços da farmaSesi, como convênios com a indústria. A rede atende cerca de 400 mil trabalhadores e mais de 5,4 mil empresas conveniadas, concedendo mais de 12 milhões de reais em descontos aos trabalhadores da indústria.

Nesta sexta-feira (8), às 15h30, a especialista em saúde mental do SESI, Daniela Zanatta, fala sobre como conduzir o tema nas empresas. 
 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC