Assinatura de aditivo que viabilizou a incorporação das obras no contrato de concessão foi realizada no último dia 10 de dezembro

A Arteirs Litoral Sul recebeu autorização formal da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para realização de mais duas importantes obras no trecho concedido: construção da terceira faixa norte da BR-101/SC na Grande Florianópolis e construção da ponte sobre o Rio Camboriú na marginal Sul.

O termo aditivo, assinado em 10 de dezembro, que autoriza a execução destes dois investimentos – com valor total de aproximadamente R$ 58,5 milhões. A partir de agora, a concessionária providencia os trâmites finais de contração das empreiteiras responsáveis - com início das duas obras previsto para o mês de fevereiro. O tempo de duração das obras é de 12 meses para terceira faixa, e 18 meses para ponte Camboriú. “Anunciamos estes novos investimentos com muito entusiasmo, porque sabemos da importância desta ampliação de infraestrutura para quem usa a rodovia no dia a dia. São intervenções de melhoria que certamente vão trazer ganho no tempo de viagem, conforto e segurança aos usuários”, avalia Cesar Sass, diretor de operações Sul da Arteris.

A terceira faixa norte da Grande Florianópolis é uma obra muito aguardada pelos usuários da região - que já observaram o quanto esta ampliação foi importante no sentido sul. Esta nova terceira faixa estará compreendida entre os quilômetros 215,7 (Palhoça) e o km 200,4 (São José).

Para evitar transtornos ao trânsito, os trabalhos com interferência na rodovia serão realizados exclusivamente em período noturno, das 22h às 5h, e entre as principais atividades previstas estão: adequação estrutural do acostamento existente para implantação de nova terceira faixa – com correções de geometria do traçado, correção e ampliação de 23 acessos de entrada e saída das marginais, garantindo as manobras mais seguras de entrada e saída na rodovia, além de aplicação da nova camada asfáltica.

Entre os principais benefícios da nova terceira faixa estão a diminuição do tempo de viagem, ampliação da segurança viária - inclusive para entrada e saída da rodovia.

Ponte sobre o Rio Camboriú - Marginal Sul da BR-101/SC - km 135,3
 
Esta é outra importante obra esperada pela comunidade da região, que agora começa a se tornar realidade. A estrutura desta nova ponte terá 172,7 metros de extensão por 10,4 metros de largura – com duas faixas de rolamento e passeio segmentado para uso de pedestres e ciclistas. A estrutura possibilita a continuidade do trânsito pela marginal sul – possibilitando também a ligação de acesso ao novo Centro de Eventos de Balneário Camboriú.

A tecnologia construtiva empregada será similar a já aplicada no lado norte, com uso de vigas pré-moldadas e lançamento a partir de treliça lançadeira - para dar agilidade aos trabalhos, sem interferência no trânsito da pista principal.

A nova obra deve iniciar no mesmo momento em que a concessionária realiza a etapa final de construção da ponte no lado oposto (sentido norte) - já com percentual de execução superior a 90%.

As duas pontes devem trazer relevante benefício ao trânsito da região - possibilitando a formação de um sistema binário de deslocamento do fluxo local pelas vias marginais. Dessa forma, o fluxo urbano de movimentação turística local poderá ser concentrado exclusivamente nas vias marginais –segmentado do eixo principal – que deve ficar concentrado o fluxo de longa distância. Essa segmentação, traz impacto positivo direto para mobilidade e segurança viária.
 
Resumo de informações: Construção da Terceira Faixa Norte da Grande Florianópolis - BR-101/SC  

Início da obra: fevereiro de 2021  
Investimento: R$ 48 milhões  
Duração: 12 meses  
Pico de mão de obra: 100 trabalhadores  
Característica da obra: executada em período noturno para não interferir no trânsito  
Detalhes: entre o km 215,7 (Palhoça) e o km 200,4 (São José) - com adequação de 23 acessos de entrada e saída na rodovia Benefício: ampliação da capacidade – com melhoria para fluidez e segurança viária.

Construção da ponte sobre o Rio Camboriú - Marginal Sul  
Início da obra: fevereiro de 2021  
Investimento: R$ 10,5 milhões  
Duração: 18 meses  
Pico de mão de obra: 40 trabalhadores  
Tecnologia construtiva: uso de treliça lançadeira para vigas pré-moldadas (avanço das obras em impacto no trânsito)  
Dimensões: 172,7 m x 10,4 m, sendo duas faixas para rolamento + passeio para pedestres e ciclistas compartilhado.  
Benefício: possibilita a implantação de sistema binário entre as vias marginais norte e sul – proporcionando maior mobilidade e segurança - segmentando o fluxo local/turístico do de longa distância. A nova ponte também viabiliza a ligação de acesso ao novo Centro de Eventos do município.

 

Com informações da assessoria de imprensa da Arteris
 

Inscreva-se e receba semanalmente por e-mail as atualizações da indústria de Santa Catarina