Compartilhar:

Estudantes que fazem parte da equipe catarinense classificada para o desafio F1 in Schools puderam compartilhar experiências com o ex-piloto da Fórmula 1; a disputa dos alunos será em março de 2021, durante o GP da Austrália 

Criciúma, 8.07.2020 – Estudantes do ensino médio da rede SESI SENAI em Criciúma participaram na terça (7) de um bate-papo virtual com o piloto Rubens Barrichello. Os alunos fazem parte da equipe catarinense que disputará o mundial F1 in Schools, competição de robótica que ocorrerá durante o Grande Prêmio (GP) da Fórmula 1 na Austrália, em março de 2021. Por mais de uma hora, o grupo de Criciúma compartilhou experiências e aprendeu noções de engenharia e detalhes técnicos com o piloto brasileiro.

O estudante Pedro Lage, que integra a equipe, conta que a conversa foi inspiradora. “O Barrichello avaliou as questões de aerodinâmica do nosso projeto, respeitando as diferenças de engenharia que existem entre os carros desenvolvidos para o desafio e os carros reais de Fórmula 1. Ele comentou a estrutura do nosso carro e apontou melhorias que podem gerar mais eficiência. Ter essa experiência foi excepcional”, avalia. 

“Esta conversa faz parte da nossa preparação para o Campeonato Mundial que ocorre no ano que vem. Barrichello topou participar de uma videochamada com a equipe para conhecer o projeto e, principalmente, para auxiliar em algumas questões que ele possui experiência, como aquelas relacionadas à engenharia e ao próprio carro da Fórmula 1”, explica o professor Cleber Marinho, responsável pelo treinamento da equipe.

De acordo com o professor, a troca de experiência é fundamental para o aperfeiçoamento da equipe. “Barrichello viveu muitos anos a Fórmula 1 e repassou aos alunos um pouco das suas experiências, deu dicas do que eles ainda podem melhorar e de que maneira podem alcançar a excelência em um esporte tão competitivo. Ele se colocou à disposição para ajudar, indicando pessoas com experiência na área de engenharia e projetos para auxiliar no desenvolvimento dos nossos estudantes”, comentou. 

A equipe do SESI SENAI Criciúma garantiu vaga no mundial F1 in Schools ao vencer o Festival SESI de Robótica realizado em São Paulo no início deste ano. A final da competição, que ocorreria em Singapura de 7 a 9 de julho, foi transferida para março de 2021, durante o GP da Austrália, devido à pandemia provocada pelo coronavírus.

Além de vencer a competição F1 in Schools, a equipe Spark também foi reconhecida como a melhor nas categorias patrocínio e marketing e portfólio e estande na disputa promovida pela Fórmula 1.
 

Com informações da agência Novo Texto. 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco