Evento do SENAI em Brusque desperta empresário e trabalhador para indústria 4.0

Brusque realiza, nos próximos dias 16 e 17, mais uma edição do Despertar 4.0, evento que tem o propósito de sensibilizar empresários, trabalhadores, estudantes e demais interessados para os desafios e oportunidades da quarta revolução industrial
Imprimir

Florianópolis, 10.11.2016 – O SENAI/SC, entidade da FIESC, realiza nos próximos dias 16 e 17, em Brusque, mais uma edição do Despertar 4.0, evento que tem o propósito de sensibilizar empresários e trabalhadores catarinenses para a nova onda da Revolução Industrial, que ganha denominações como indústria 4.0, internet industrial, indústria avançada ou manufatura avançada. No encontro serão apresentados os desafios e oportunidades que são trazidos por este recente fenômeno econômico e social. As atividades previstas incluem palestra do diretor regional do SENAI/SC, Jefferson de Oliveira Gomes, um dos principais experts brasileiros sobre o tema. Também serão realizados cursos especiais direcionados a adolescentes, mulheres e profissionais a partir de 40 anos. 

Segundo o diretor do SENAI, esse fenômeno “tem por base a hiperconectividade, a inteligência artificial, o elevado grau de digitalização e de sensoria¬mento, o avanço do big data, entre outros, cuja associação permitirá customização em massa de produtos, mudança na forma e pa¬drão de consumo e possibilidade de pro¬dução em casa”. O principal fator de estímulo ao seu desenvolvimento é a redução dos custos de processamento, armazenamento e transmissão de dados. Até 2020, mais de 50 bilhões de objetos – ou sete vezes a população mundial – estarão interconectados, promovendo negócios estimados em 32 trilhões de dólares. Mais relevante do que o volume de recursos movimentados, entretanto, é que a hiperconectividade está modificando a sociedade e a economia, permitindo rapidez e eficiência na tomada de decisões. 

Exemplo prático dessa nova realidade está nos aplicativos de orientação de trânsito dos smartphones. Com inúmeros usuários acessando on line (hiperconectividade), o serviço colhe informações sobre o trânsito nas diversas vias (sensoriamento e big data) e toma decisões calculadas com base na análise das variáveis (inteligência artificial) ao sugerir a melhor alternativa de trajeto para cada usuário (customização). “Para a indústria resta o desafio de aplicar tecnologias e modelos semelhantes”, afirma Jefferson. “As decisões passam a ser tomadas sem a participação humana e a partir apenas da conexão entre máquinas, plantas fabris, matérias-primas e o produto final (estes dotados de sensores e transmissores) e o consumidor. O ato de abrir uma embalagem dá o comando instantâneo para a produção de nova unidade”, acrescenta. 

Na opinião de Gomes, as novas tecnologias promoverão profundas mudanças no mercado de trabalho. “Sessenta e cinco por cento das crianças de hoje atuarão em profissões que ainda não existem”, afirma. Ele destaca ainda que o novo modelo exigirá mudanças na legislação trabalhista, flexibilizando aspectos como o trabalho conjunto de homens e máquinas – dado o crescimento esperado da presença de robôs colaborativos – e  terceirização. “Uma máquina poderá prever até mesmo a hora em que vai apresentar uma pane. Pode ser, por exemplo, numa madrugada e, cinco minutos antes o técnico de manutenção chegará para realizar o serviço. Ele não precisará estar em tempo integral na empresa, nem ter contrato fixo”, diz. A respeito da robotização, Gomes salienta que ela vem avançando intensamente, também devido à redução dos custos. “Aquelas funções que não queremos para nossos filhos, serão realizadas por máquinas”, prevê.

Despertar 4.0
Totalmente gratuita, mas com vagas limitadas, a programação em Brusque se inicia no dia 16, com a palestra interativa Entendendo a Indústria Avançada, apresentada por Jefferson de Oliveira Gomes, que, além de diretor regional do SENAI/SC, é professor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e consultor da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) sobre o tema. A atividade prevê a abordagem sobre desafios e oportunidades da nova realidade, seguida de discussões em mesas temáticas. O objetivo é que empresários, gestores, profissionais de RH, técnicos e demais interessados compreendam os impactos e possibilidades da Indústria Avançada nos negócios e na carreira. 

Já no dia 17, serão realizados minicursos direcionados a públicos específicos: adolescentes, mulheres e profissionais a partir de 40 anos. Das 13h30min às 17h30min, serão promovidas duas turmas do Teen + Tech, dedicados aos adolescentes e que envolverão competição de robôs e formação de youtubers. Das 19 às 22 horas ocorrem as capacitações para mulheres, abordando ferramentas em nuvem do Google Apps, e para pessoas com 40 anos ou mais, com introdução ao desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis. Todos esses cursos são práticos e não requerem conhecimentos prévios sobre os temas.

Saiba mais:
Despertar 4.0
Dias 16 e 17 de novembro de 2016
No SENAI Brusque - Av. 1 de Maio, 670

Dia 16
19h – 22h: Palestra interativa: Entendendo a Indústria Avançada
Empresários, gestores, profissionais de RH, técnicos e demais interessados poderão compreender os impactos e possibilidades da Indústria Avançada nos negócios e na carreira. Será realizado um debate colaborativo com Jefferson de Oliveira Gomes sobre os desafios e oportunidades desta nova realidade, seguido de discussões em mesas temáticas.

Dia 17
13h30min – 17h30min

Teen + Tech
Minicurso: Competição de robôs
Aos jovens que querem conhecer a Robótica, este momento apresentará conceitos introdutórios do tema, permitindo que o aluno realize uma programação básica em um robô e depois participe de uma competição entre os robôs montados pelos grupos.

Minicurso: Youtuber
Aos jovens que desejam conhecer as atividades do profissional youtuber, este momento apresentará conceitos introdutórios ao tema, permitindo que o aluno desenvolva vídeos e explore a plataforma do YouTube, empregando os conceitos dessa nova profissão.

19 horas – 22 horas

Mulheres na Tecnologia

Minicurso: Explorando a conectividade
Momento dirigido às mulheres que querem começar a experimentar as ferramentas em nuvem do Google Apps para agregar produtividade, conectividade e facilidade de comunicação.  Além disso, será um momento para entender um pouco mais sobre os conceitos introdutórios da computação em nuvem (Cloud Computing).

Despertando para Tecnologia 40+

Minicurso: Explorando o desenvolvendo de apps
Nessa imersão serão apresentados conceitos introdutórios sobre o desenvolvimento de aplicativos que permitirão, de forma prática e divertida, desenvolver seu primeiro App. A partir de conceitos de desenvolvimento mobile híbrido, internet das coisas, o participante compreenderá melhor as oportunidades presentes nessa temática.

Todas as atividades são gratuitas, mas têm vagas limitadas. Não é necessário conhecimento prévio sobre os temas.

Clique aqui para mais informações.
 

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina