Atualmente 303 adolescentes participam das formações em todo o Estado e 265 estarão se formando até o final do ano; desde que foi implantado, em 2013, 1,1 mil adolescentes já concluíram cursos por meio do programa

Florianópolis, 22.11.2018 – Adolescentes do Alto Uruguai Catarinense, que integram o Programa Novos Caminhos, participaram de uma formatura na manhã desta quarta-feira (21), no auditório do SESI em Concórdia. Eles cursaram formações oferecidas pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio-SC). Um dos alunos que recebeu certificado foi Wyclef Prospere, que veio do Haiti. "Valeu a pena ter participado do Programa Novos Caminhos. Tenho certeza de que o aprendizado que tive será fundamental para abrir novas oportunidades para o futuro", contou.  
 
Caroline Maciel, também participante do programa, manifestou o sentimento de gratidão por ter feito parte da iniciativa. "Conheci novas pessoas, recebi oportunidades e aprendi coisas que eu nunca pensei que iria aprender. Sou muito grata por tudo aquilo que o Programa Novos Caminhos fez por mim. Hoje sou uma pessoa diferente, mais madura e motivada. A lição que fica de tudo isso é que nós nunca devemos desistir dos nossos sonhos. Devemos acreditar que somos capazes e podemos conquistar o que queremos", enfatizou.

A jovem embaixadora do Movimento Santa Catarina pela Educação, Ana Carolina Baretta, endossou as palavras da adolescente Caroline Maciel e destacou que é preciso sonhar e acreditar num mundo melhor. "Nada é tão nosso quanto os nossos sonhos. Acredito que essa frase ilustra muito bem o que é o Programa Novos Caminhos. É necessário agarrar as oportunidades e perseguir o que se almeja", disse.

O promotor Marcos Batista Demartino enalteceu o trabalho desenvolvido pelos órgãos que integram o Programa Novos Caminhos. "Sabemos o quanto é importante encontrar parceiros que ofereçam oportunidades para o futuro desses jovens. É uma via de mão dupla. Bom para os adolescentes que se qualificam e para as empresas que, posteriormente, podem contratá-los", afirmou. "É muito importante que todas as pessoas, independentemente das condições em que estejam, acreditem que um futuro melhor é possível. Que busquem seus sonhos e que jamais desistam", acrescenta.

O vice-presidente regional da FIESC, Álvaro Luis de Mendonça, ressaltou o papel social do Programa Novos Caminhos. "É um programa que tem um notável alcance social. Os adolescentes participam de diversos cursos de educação profissional, programas, projetos e atividades complementares que os qualificam para o mercado de trabalho e para a vida. São jovens ávidos por uma oportunidade e que reconhecem a importância de uma qualificação para a construção de um futuro melhor e com mais dignidade", declarou.  A formação profissional do programa é oferecida por SESI, SENAI, IEL e SENAC. 

Atualmente o programa Novos Caminhos atende 303 adolescentes em todo o Estado. Desses, 265 se formam até o final do ano. Desde que foi implantado, em 2013, 1.100 adolescentes já se formaram. O projeto é uma parceria da FIESC com a Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (CEIJ/TJSC), Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC), Associação Catarinense de Medicina (ACM), Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (FECOMERCIO) e Fundação ESAG.

Com informações da PG Comunicação

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
48 | 3231 4244
imprensa@fiesc.com.br
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco