Entidades da FIESC, o SESI e o SENAI estão presentes em 275 dos 295 municípios de Santa Catarina atendendo cerca de 70% do total de trabalhadores do estado e 15 mil indústrias, mostra relatório de atividades do período

Florianópolis, 25.1.2019 – As entidades da FIESC – SESI, SENAI e IEL – realizaram em 2018 mais de 253 mil matrículas em serviços educacionais e 670 mil atendimentos realizados em segurança e saúde no trabalho, além de 114 mil procedimentos. Os institutos de tecnologia do SENAI/SC realizaram 66 mil horas de consultoria, atendendo quase 500 empresas em praticamente todos os segmentos industriais catarinenses e em todas as regiões. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (25), na reunião de diretoria da FIESC e estão no relatório de gestão, que este ano passa a ser digital.  

Clique aqui para ver a íntegra do Relatório de Gestão 2018.

“Nossa gestão elegeu quatro focos de atuação: internacionalização da indústria, fortalecimento da infraestrutura, inovação e inclusão de pessoas e empresas.  Os sinais de recuperação e o aumento da confiança do empresário foram a tônica no balanço de final de ano. As ações mostram a incessante preocupação do Sistema FIESC em fortalecer a indústria e a sociedade catarinense”, avalia o presidente da Federação, Mario Cezar de Aguiar. 

Para fortalecer a internacionalização, a entidade elaborou um programa que vai beneficiar mais de 500 indústrias do estado (saiba mais). Também liderou ações em prol do associativismo, orientou empresas em relação à modernização das leis trabalhistas e mobilizou-se pela redução do ICMS para o setor.

Em 2018, as entidades da FIESC ampliaram a oferta de novos modelos educacionais e metodologias transformadoras. Elas realizaram mais de 253 mil matrículas em cursos de educação básica, técnicos, superiores, pós-graduação, educação de jovens e adultos, aprendizagem industrial, ensino médio e educação corporativa, um aumento de 15% no volume de matrículas em relação a 2017. O foco dos programas é a formação de profissionais qualificados a contribuir para o desenvolvimento e competitividade das indústrias, bem como a geração de oportunidades para os trabalhadores.

O crescimento dos serviços de segurança e saúde do SESI foi provocado principalmente pela adequação das empresas ao eSocial. Mais de 293 mil trabalhadores foram imunizados contra a gripe e cerca de 341 mil procedimentos odontológicos foram realizados. 

A rede de laboratórios metrológicos do SENAI realizou 272 mil ensaios, para mais de três mil indústrias. Os laboratórios atendem as áreas de Alimentos, Têxtil, Cerâmica, Ambiental e Madeira e Mobiliário. Os institutos de Inovação do SENAI em Florianópolis e Joinville desenvolvem inúmeros projetos, apoiando a inserção das organizações no conceito de Indústria 4.0. Em 2018, foram aprimorados os dois robôs que foram construídos nos anos anteriores pelo Instituto de Sistemas de Manufatura, um para a Petrobras (para pintura de pintura externa de navios e plataformas de petróleo) e outro para linhas de produção da General Motors. Outros projetos beneficiaram indústrias como a Audaces, Fischer Sucos, Whirpool, CNHI, Dona Francisca Energia, entre outras empresas. 

Visando à eficiência operacional, a Federação das Indústrias unificou a gestão do SESI e do SENAI em Santa Catarina. O objetivo é ampliar a sinergia na atuação das entidades, otimizando o uso dos recursos, das estruturas e das equipes de profissionais, para potencializar os serviços prestados à indústria e ao trabalhador catarinense. Assim como faz a indústria, a FIESC busca o máximo de eficiência. O movimento começou ao longo dos últimos anos com a integração das áreas de apoio. Agora, a integração operacional também das atividades-fim do SESI, do SENAI e do IEL completa esse ciclo. 


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
imprensa@fiesc.com.br | 48 3231 4244 
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco