Ação é feita com apoio da IBM, que promoveu em Florianópolis programa global de cidadania corporativa

Florianópolis, 06.09.2018 – O SESI, entidade da FIESC, com apoio da IBM, apresentou nesta quinta-feira (06) um relatório que apontou propostas para uma atuação mais eficiente do HEMOSC. As ações visam revisar e sugerir melhorias nos processos de captação e retenção de pessoas aptas à doação de sangue no estado de Santa Catarina. A iniciativa fez parte de um programa global da área de Cidadania Corporativa da IBM, que colocou à disposição 15 profissionais de 12 países para realizarem consultorias gratuitas em projetos de desenvolvimento de organizações da cidade.

O projeto do SESI, desenvolvido por meio do Centro de Inovação SESI em Tecnologias para Saúde, lidou diretamente com o fluxo da jornada do doador e com o comportamento das pessoas. A equipe examinou fatores que influenciam na motivação e desmotivação, os meios corretos de se estabelecer a comunicação e as ideias e sugestões, propostas pelos próprios doadores, para aprimorar todo o processo. 

Dentre outras ações, foi sugerido estabelecer novos canais de comunicação com os doadores, como grupos de whatsApp – para implementar campanhas, e instagram. Além da comunicação direta com o doador, foi recomendado estabelecer contato com a mídia para falar sobre atualizações do estoque de sangue e aprimoramentos no processo de doação. “O objetivo é aumentar o engajamento dos doadores de sangue no estado, ampliando ainda mais o trabalho de excelência já desenvolvido pelo Hemosc”, afirmou o superintendente do SESI/SC, Fabrizio Machado Pereira.

IBM

Florianópolis foi a cidade escolhida para sediar a 23ª edição do IBM Corporate Service Corps (CSC), programa global da área de Cidadania Corporativa da IBM que seleciona funcionários da empresa em todo o mundo para atuar na resolução de desafios sociais, econômicos e ambientais em projetos que integram planos de crescimento econômico, gestão de processos e tecnologia em organizações. 

Ao todo, 15 consultores vindos de 12 países (Austrália, Coréia, Estados Unidos, Irlanda, Israel, Japão, Marrocos, México, Nova Zelândia, Reino Unido, Suécia e Tailândia) realizaram, durante o período de um mês, consultorias gratuitas em cinco instituições localizadas em Florianópolis. O objetivo foi oferecer o conhecimento da IBM para a sociedade, além de dar oportunidade de crescimento para os funcionários e organizações participantes. 

Os demais projetos:

•    Fundação Municipal do Meio Ambiente (FLORAM)
Projeto de desenvolvimento de estratégias para a educação ambiental e promoção do turismo comunitário nas unidades de conservação e parques urbanos da cidade.

•    FloripAmanhã
Projeto de desenvolvimento de uma solução tecnológica para a realização do Inquérito de Opinião Pública no futuro.

•    Hacking Health SC
Projeto de desenvolvimento de um plano estratégico que vise o crescimento sustentável do movimento Shriners no estado de Santa Catarina, através do estabelecimento de parcerias locais técnicas estratégicas.

•    Laboratório Bridge
Projeto de desenvolvimento de um roteiro para o projeto e a implementação de uma plataforma de BI integrada e colaborativa usando os dados coletados pelos sistemas atuais da Bridge para uso pelo Ministério da Saúde do Brasil.


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco