Em seu discurso de posse, novo presidente da entidade destacou que os temas são prioridade ao lado de ambiente institucional, educação e saúde e segurança

Clique aqui e veja no Flickr da FIESC a cobertura fotográfica

Clique aqui e veja a íntegra do discurso de Mario Cezar de Aguiar

Clique aqui e veja a íntegra do discurso de Glauco José Côrte

Florianópolis, 10.8.2018 – Internacionalização, inovação e infraestrutura ganharão reforço na nova gestão da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) ao lado de ambiente institucional, educação e saúde e segurança, afirmou o industrial Mario Cezar de Aguiar, durante discurso na cerimônia de posse da diretoria, realizada na noite desta sexta-feira (10), em Florianópolis, com a presença de lideranças industriais e políticas. Aguiar foi eleito no dia 29 de junho para o período 2018-2021 e sucede o empresário Glauco José Côrte. “Além de manter o plano estratégico vigente, concentraremos esforços no incentivo à internacionalização de nossas indústrias e na ampliação da agenda de inovação, com acesso às novas tecnologias e inserção de nossas empresas na Indústria 4.0. Indústrias mais inovadoras e internacionalizadas são mais competitivas frente às novas exigências da economia global”, afirmou Aguiar. Veja abaixo a diretoria completa.

Além disso, Aguiar destacou que Santa Catarina tem 1,1% do território nacional e mesmo com uma precária infraestrutura de transporte, o Estado produz 6% da riqueza nacional e possui o quarto maior parque industrial brasileiro. “Em 2017, fomos o Estado que mais empregos criou no país. E onde há uma indústria forte, há uma sociedade forte. Na sua grande maioria, nossas empresas são oriundas do próprio Estado, fruto do empreendedorismo da nossa população”, disse, ressaltando que as indústrias foram criadas por homens e mulheres que empreenderam com o objetivo de fazer mais e melhor; fazer bem feito e perpetuar-se a partir de princípios sólidos e bem alicerçados. “Foram esses empreendedores que criaram oportunidades de trabalho, que fizeram investimentos, mesmo sem dispor de crédito com taxas de juros competitivas, mesmo não dispondo de uma infraestrutura adequada”, completou.

“Para o país avançar de maneira sustentável, precisamos migrar de um sistema de desenvolvimento baseado no simples incentivo ao consumo, para um modelo focado nos investimentos. Isso só será possível com o aumento da confiança do empresário. A confiança, por sua vez, depende de um ambiente de segurança jurídica, estabilidade política e ações do Governo para a implantação das reformas estruturantes”, defendeu, chamando a atenção a urgência das reformas, especialmente a da previdência. “Ela é imprescindível para garantir saúde às contas públicas”, completou. 

Em seu discurso, Aguiar disse que no campo tributário o Brasil convive com um sistema burocrático que gera ineficiência e prejudica o investimento, a produção, as exportações e a geração de emprego. “Precisamos acabar com a guerra fiscal e, sobretudo, promover a isonomia entre os estados. Nosso país é injusto, porém eficiente no momento de arrecadar. E é injusto e ineficiente na distribuição dos recursos”, afirmou, observando que na área trabalhista é necessário consolidar a recente modernização da legislação. 

Glauco José Côrte

Em seu pronunciamento, o presidente que encerrou sua gestão à frente da FIESC, Glauco José Côrte, destacou as principais realizações de seus mandatos, com destaque para investimentos em institutos de inovação, em programas de promoção da saúde e segurança do trabalhador, além de ter levantado a bandeira educacional, com a criação do Movimento Santa Catarina pela Educação. “O capital humano – considerado a nova riqueza das nações – ocupou o centro de nossas atenções nos últimos anos. As pessoas são o principal fator de competitividade da indústria. Não são as máquinas que estão moldando a nova indústria. São os talentos que promovem as inovações tecnológicas, a manufatura avançada, a internet das coisas e a inteligência artificial”, disse. Logo após seu pronunciamento, Côrte e sua esposa, dona Sílvia, receberam uma homenagem, um quadro intitulado de autoria do artista plástico Juarez Machado, entregue pelo próprio artista, pelo presidente empossado, Mario Cezar de Aguiar, e esposa Diana. (saiba mais)

Presidente da CNI

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Róbson Braga de Andrade, reforçou a disposição da entidade de “continuar ajudando a Federação das Indústrias de Santa Catarina a apoiar o desenvolvimento do Estado e do país, em todas as áreas, na educação, no lazer e na defesa dos interesses da indústria”. Ele também fez uma referência a Glauco José Côrte, pela “responsabilidade e comprometimento com o desenvolvimento de um Estado que é muito importante para o Brasil e que sempre teve o foco na educação, na saúde e na qualidade de vida da população”.

Governador do Estado

“SC este ano gerou em torno de 35 mil empregos, dois terços deles pela indústria. Santa Catarina é um Estado industrial”, disse o governador Eduardo Pinho Moreira. “A parceria da FIESC com o governo de Santa Catarina e com o governo central em Brasília serão fundamentais para que a gente possa modificar”, acrescentou.

Perfil

Mario Cezar de Aguiar é empresário do setor da construção civil, primeiro vice-presidente da FIESC e presidente da Câmara de Assuntos de Transporte e Logística da entidade. Formou-se em engenharia civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é especialista em construção civil pela FURB, em marketing pela Univille e em gestão empresarial pela Pensylvania State University, além de ser professor licenciado do curso de engenharia civil da Udesc. Atua na área da construção e incorporação imobiliária desde 1981. É sócio das empresas Vectra Participações e Construções, Vectrapar Construções e Empreendimentos e Êxito Empreendimentos e Construções. Já presidiu a Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), o Sinduscon de Joinville por duas oportunidades e a Câmara Estadual da Indústria e Construção. Também fundou e presidiu o Serviço Social da Construção Civil de Joinville (Seconci), foi conselheiro da Usimed e da Unisociesc. É conselheiro do Instituto Core e membro do Conselho do Centro de Engenheiros e Arquitetos de Joinville.

CONHEÇA A NOVA DIRETORIA DA FIESC

GESTÃO FIESC: 2018 a 2021

DIRETORIA DA FIESC
PRESIDENTE: MARIO CEZAR DE AGUIAR
1º VICE-PRESIDENTE: GILBERTO SELEME
DIRETOR 1º SECRETÁRIO: EDVALDO ÂNGELO
DIRETOR 2º SECRETÁRIO: RONALDO BAUMGARTEN JUNIOR
DIRETOR 1º TESOUREIRO: ALEXANDRE D'ÁVILA DA CUNHA
DIRETORA 2ª TESOUREIRA: RITA CASSIA CONTI

VICE-PRESIDENTES PARA ASSUNTOS REGIONAIS

ALTO URUGUAI CATARINENSE: ÁLVARO LUIS DE MENDONÇA
ALTO VALE DO ITAJAÍ: ANDRÉ ARMIN ODEBRECHT
CENTRO-NORTE: LEONIR ANTÔNIO TESSER
CENTRO-OESTE: MÁRCIO LUÍS DALLA LANA
EXTREMO OESTE: ASTOR KIST
FOZ DO RIO ITAJAÍ: MAURÍCIO CESAR PEREIRA
LITORAL SUL: ALEXSANDRO DA CRUZ BARBOSA
NORTE-NORDESTE: EVAIR OENNING
OESTE: WALDEMAR ANTONIO SCHMITZ
PLANALTO NORTE: ARNALDO HUEBL
SERRA CATARINENSE: ISRAEL JOSÉ MARCON
SUDESTE: TITO ALFREDO SCHMITT
SUL: DIOMÍCIO VIDAL
VALE DO ITAJAÍ: ULRICH KUHN
VALE DO ITAPOCU CÉLIO BAYER
VALE DO ITAJAÍ MIRIM INGO FISCHER

VICE-PRESIDENTES PARA ASSUNTOS ESTRATÉGICOS

LINO ROHDEN
MÁRIO LANZNASTER
NEY OSVALDO SILVA FILHO
RUI ALTENBURG

DIRETORES

ADALBERTO ROEDER
ALBANO SCHMIDT
ALCEU LORENZON
ALDO APOLINÁRIO JOÃO
CARLOS JULIO HAACKE JUNIOR
CÉSAR PEREIRA DÖHLER
CHARLES ALFREDO BRETZKE
CONRADO COELHO COSTA FILHO
EGON WERNER
EVERALDO CANANI WIGGERS
HILTON SIQUEIRA LEONETTI
JOÃO FORMENTO
JOSÉ FERNANDO DA SILVA ROCHA
JOSÉ SYLVIO GHISI
LEONIR JOÃO PINHEIRO
MARCO ANTONIO CORSINI
MARCOS BELLICANTA
MARCUS SCHLÖSSER
MÁRIO LUÍS NÓRI DE OLIVEIRA
MICHEL MIGUEL
NEWTON JOÃO FABRIS
OLVACIR JOSÉ BEZ FONTANA
PEDRO LEAL DA SILVA NETO
RAMIRO CARDOSO
VIANEI AMILCARE ZAPPELLINI
VOLMIR ANTÔNIO MEOTTI


CONSELHO FISCAL

EFETIVOS
OTMAR JOSEF MÜLLER
JOSÉ CÉSAR FELDHAUS
TERENCIO KNABBEN OENNING

SUPLENTES
AMAURI EDUARDO KOLLROSS
RENATO ROSSMARK SCHRAMM
EDILSON ZANATTA

DELEGAÇÃO JUNTO À CNI

EFETIVOS
GLAUCO JOSÉ CÔRTE
MARIO CEZAR DE AGUIAR

SUPLENTES
BÁRBARA PALUDO
ROGÉRIO PEDRO MENDES

GESTÃO CIESC: 2018 a 2021

DIRETORIA DO CIESC
PRESIDENTE: MARIO CEZAR DE AGUIAR
VICE-PRESIDENTE: GILBERTO SELEME
DIRETORA 1ª SECRETÁRIA: IDA ÁUREA DA COSTA
DIRETOR 2º SECRETÁRIO: CLÁUDIO ROBERTO GRANDO
DIRETOR 1º TESOUREIRO: JÚLIO CÉSAR LUNARDI
DIRETOR 2º TESOUREIRO: JOSE ANTONIO PHILIPPI


CONSELHO CONSULTIVO

ADOLFO FEY
EVANDRO MÜLLER DE CASTRO
JOACHIM GERECHT
JOSÉ ADAMI NETO
JOSÉ ALTINO COMPER
JUAREZ DE MAGALHÃES RIGON
MARCELO RODRIGUES
NIVALDO PINHEIRO
ODELIR BATTISTELLA
RENATO DE BARROS FERES
JAIR PHILIPPI
VALCIR JOSÉ ZANETTE

CONSELHO FISCAL

EFETIVOS
EDSON OSVALDO AMARAL
EDUARDO SELEME
NOIODÁ JOSÉ DAMIANI

SUPLENTES
AMILCAR NICOLAU PELAEZ
FERNANDES LUIZ ANDRETTA
THIAGO SANT'ANNA FRETTA

 

GESTÃO IEL: 2018 a 2021

DIRETORIA IEL/SC 
DIRETOR-PRESIDENTE: MARIO CEZAR DE AGUIAR
DIRETOR TESOUREIRO: DANIEL DOS SANTOS LEIPNITZ
REPRESENTANTE FIESC: CARLOS FREDERICO DA CUNHA TEIXEIRA

CONSELHO CONSULTIVO

EFETIVOS
ANGELA TERESA ZORZO DAL PIVA
EDIO JOSÉ DEL CASTANHEL
HELENY MENDONÇA MEISTER
FERNANDO TOFFOLI
LUIZ CARLOS EYNG
MIRCON ROBERTO BECKER
PAULO RUBENS OBENAUS

SUPLENTES
ÁLVARO SCHWEGLER
EDUARDO COLZANI
ILTON PASCHOAL ROTTA
MARLENE PITT DULLIUS
SÔNIA APARARECIDA LEMOS LACOWICZ
EVANDRO ROGÉRIO VOLPATO
JOÃO STRAMOSK


CONSELHO FISCAL

EFETIVOS
CELSO PANCERI
DJALMA VELHO DE AZEVEDO
JADER JACÓ WESTRUP

SUPLENTES
CARLOS JOSÉ MARTINELLI
MÁRCIO EUGÊNIO ZANATTA
MARCOS MELCHIORETTO

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco