FIESC lamenta falecimento de Luiz Carlos Cancellier

Em mensagem enviada à UFSC, presidente Glauco José Côrte lembrou que proximidade entre universidade e indústria era prioridade para o reitor
Imprimir
  • Em maio de 2016, um dos primeiros atos de Cancellier como reitor foi assinar convênio com a FIESC (Foto: Marcos Campos)

Florianópolis, 2.10.2017 – A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) lamentou a prematura morte do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Carlos Cancellier de Olivo, ocorrida nesta segunda-feira (2). Em mensagem enviada à vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann, o presidente Glauco José Côrte lembrou que desde o início de sua gestão, o reitor foi um entusiasta da aproximação entre a Universidade e a representação da indústria catarinense, reforçando os laços entre as duas instituições e dando início a importante parceria.

“Essa aproximação, profícua e benfazeja, dá uma boa dimensão do perfil nobre e conciliador de professor Cancellier, sempre afeito ao diálogo e à negociação”, escreveu Côrte. “Receba, assim, em nome do segmento empresarial catarinense, nossas condolências pelo ocorrido, enquanto deixamos abertas as portas de nossa instituição no apoio à Universidade Federal de Santa Catarina”, acrescentou.

No dia 20 de maio de 2016, poucos dias depois de tomar posse, em um de seus primeiros atos como reitor, Cancellier esteve na FIESC para assinar termo de cooperação para intercâmbio de informações e tecnologias, desenvolvimento de pesquisa, suporte técnico e científico no atendimento às demandas da indústria e incentivo à inovação. Um dos desdobramentos da aproximação foi a parceria entre FIESC, UFSC e Exército, no modelo tríplice hélice, que busca o desenvolvimento de novas tecnologias a partir da aliança entre governo, indústria e academia.