Em dois anos, Programa Novos Caminhos atendeu 426 jovens em SC

Parceria entre FIESC, TJSC e AMC atende jovens e adolescentes sob a tutela do Estado, em programas de acolhimento
Imprimir
  • Programa já registrou mais de 4,2 mil matrículas. Foto: Heraldo Carnieri
  • Côrte: “queremos mostrar que o jovem e a criança têm valor". Foto: Heraldo Carnieri
  • Heil: “o Programa Novos Caminhos quebra o paradigma, pois capacita e permite que os jovens tenham uma vida e um futuro melhor”. Foto Heraldo Carnieri.
  • Vice-presidente da FIESC, Tito Alfredo Schmitt, Cardoso (AMC), Côrte e Heil (TJSC, na homenagem ao presidente da FIESC. Foto Heraldo Carnieri.
  • Côrte: “queremos mostrar que o jovem e a criança têm valor". Foto: Heraldo Carnieri
  • Cardoso: “é dever da sociedade e das instituições trazer esperança e oportunidade a esses adolescentes”. Foto Heraldo Carnieri.
  • Programa já registrou mais de 4,2 mil matrículas. Foto: Heraldo Carnieri
  • Programa já registrou mais de 4,2 mil matrículas. Foto: Heraldo Carnieri

Florianópolis, 28.11.2015 – Um total de 426 jovens e adolescentes que estão ou estiveram sob a tutela do Estado em todas as regiões de Santa Catarina já passaram, desde 2013, por cursos de preparação para o mundo do trabalho, de qualificação profissional e de educação de jovens e adultos, oferecidos pelo Programa Novos Caminhos. A iniciativa é uma parceria da Federação das Indústrias (FIESC) – e suas entidades SESI, SENAI e IEL – com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) e a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC). Neste sábado (28), cerca de 150 estudantes receberam seus certificados, em uma solenidade realizada no Centro de Educação, Eventos e Lazer (CEEL), no Campeche, em Florianópolis.

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica

“O programa tem sido muito positivo; 39 jovens, que já se formaram, estão empregados, trabalhando no setor industrial. O mais importante é que estamos formando bons profissionais e também bons cidadãos”, afirmou o presidente da FIESC, Glauco José Côrte. A construção da cidadania aliada à capacitação para o trabalho é uma premissa defendida pelo empresário desde o início de sua gestão da FIESC e ganha relevância em iniciativas como o Novos Caminhos, que oferece oportunidades a jovens que vivem em programas de acolhimento em instituições ou com outras famílias. Esses jovens não podem viver com seus pais – são órfãos, suas famílias não têm condições de dar sustento ou são vítimas de violência doméstica, entre outras circunstâncias. “Queremos mostrar que o jovem e a criança têm valor, independentemente de sua condição, que precisa ser respeitada. No período em que estamos trabalhando com esses jovens, queremos que suas potencialidades sejam reveladas. Nosso propósito, portanto, é ajudá-los a ter consciência do seu valor e da sua importância para a sociedade”, acrescentou Côrte.

Para o desembargador Sérgio Heil, titular da coordenadoria da Criança e do Adolescente do TJSC, “esses meninos e meninas não tinham uma oportunidade, eram acolhidos e quando completavam 18 anos eram obrigados a ser integrados à sociedade, mas sem nenhuma educação e sem nenhuma capacitação”. Neste contexto, conforme Heil, o “Programa Novos Caminhos quebra o paradigma, pois capacita e permite que os jovens tenham uma vida e um futuro melhor”.

“É dever da sociedade e das instituições trazer esperança e oportunidade a esses adolescentes”, destacou o presidente da AMC, Odson Cardoso Filho. “O programa tem resultados excepcionais, pois oferece oportunidades aos adolescentes, que são acolhidos e têm a possibilidade de crescimento pessoal e profissional”, disse.

Resultados

Como cada beneficiário pode fazer vários cursos, desde que foi iniciado, em agosto de 2013, o programa já registrou cerca de 4,2 mil matrículas. Foram 2,4 mil matrículas em capacitações de preparação para o trabalho (que trata de aspectos comportamentais no ambiente profissional), oferecidas pelo IEL; 1,2 mil matrículas em cursos profissionalizantes do SENAI e 587 matrículas em cursos do SESI - educação de jovens e adultos e programas de educação continuada, vinculados às áreas temáticas de desenvolvimento de competências para o mundo do trabalho, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, prevenção ao uso de álcool e outras drogas e higiene pessoal. 

Durante a solenidade, Heil e Cardoso Filho prestaram homenagem em nome do TJSC e da AMC a Glauco José Côrte, pelos relevantes serviços prestados à Educação, em especial o Programa Novos Caminhos.

Após a solenidade de formatura, os estudantes participaram de uma gincana recreativa e cultural, organizada pelos profissionais do SESI Eventos. Uma das primeiras tarefas foi a realização de ginástica, na praia, ensolarada. Para muitos deles, foi a oportunidade conhecer o mar.

 

FIESC Imprensa

Ivonei José Fazzioni

48 3231 4673 - 8421 3600

ivonei@fiesc.com.br