Espaço de Educação Maker promove torneio e debate sobre escolas inovadoras

Alunos da Escola Municipal Machado de Assis vencem maratona e são premiados com bolsa para ingressar em um dos cursos das áreas da Educação Maker
Imprimir
  • Alunos da Escola Municipal Machado de Assis foram os vencedores da Maratona Maker (Foto: Divulgação SESI)
  • Alunos participam da Maratona Maker (Foto: Divulgação SESI)
  • Alunos participam da Maratona Maker (Foto: Divulgação SESI)
  • Alunos participam da Maratona Maker (Foto: Divulgação SESI)

Florianópolis, 05.04.2017 – O SESI, entidade da FIESC, promoveu neste último sábado (01), no Espaço de Educação Maker, em Blumenau, o talk show “Destino: Educação – Escolas Inovadoras”, para debater tendências sobre o tema. No mesmo dia, também foi realizada a Maratona Maker, na qual cerca de 60 alunos da rede pública municipal, estadual e alunos do Espaço Maker do SESI desenvolveram ideias e construíram protótipos e projetos que contemplaram o tema “Cidade para Todos”.

As tendências da educação para preparar pessoas para o século XXI, com foco especial na cultura maker, foram debatidas no talk show que contou com a mediação de Marcos Ferreira, especialista em economia criativa, a pedagoga Kitta Eitler, além de especialistas da área de educação do SESI e estudantes do Espaço Maker.

A pedagoga Kitta Eitler, coordenadora de conteúdos do Canal Futura, contou as experiências vividas na construção da Série Destino Educação Escolas Inovadoras, que investigou e acompanhou as iniciativas educacionais transformadoras em diferentes países. Os especialistas em Educação do SESI/SC, Othon Rocha das Neves Júnior e Maria de Lourdes Novaes, apresentaram a concepção pedagógica dos cursos da Educação Maker, em especial os de Tecnologia & Robótica e Comunicação & Mídias.

Maratona Maker

Os vencedores da Maratona Maker foram os alunos da Escola Municipal Machado de Assis, que receberam como prêmio uma bolsa para ingressar em um dos cursos das áreas da Educação Maker. Dentro da programação, alunos das escolas estaduais de Educação Básica Luiz Delfino, Dom Pedro II, João Widemann e Escola Municipal Machado de Assis foram auxiliados pelos estudantes dos Cursos de Tecnologia & Robótica, Comunicação & Mídias, Ciências e Matemática para o uso dos diferentes recursos oferecidos no Espaço de Educação Maker.

Dos projetos propostos pelas equipes, destacaram-se a elaboração de aplicativos para facilitar a reciclagem do lixo – no qual o usuário recebe uma pontuação quando realiza o descarte corretamente -, uma pulseira para orientar deficientes visuais a atravessarem a rua em locais com semáforos por meio de sinais sonoros, a criação de centros comunitários nos bairros, uma impressora para reciclagem de papel e uma cadeira de rodas para que deficientes físicos subam escadas. Os trabalhos foram avaliados por uma banca composta pelos instrutores e desenvolvedores da Educação Maker e por Mônica Renneberg da Silva, gerente de Tecnologias Educacionais e Inovação da Secretaria de Estado de Educação.

O evento foi inspirado nos Hackthons, atividades em que os jovens mostram-se receptivos à resolução de problemas cotidianos. As equipes desenvolveram projetos orientados pela abordagem do design thinking, que propõe um conjunto de métodos e processos para abordar problemas relacionados à análise de conhecimento e propostas de soluções.

Espaço de Educação Maker

O Espaço de Educação Maker, do SESI, instalado em uma área de mil e duzentos metros quadrados no Complexo Esportivo Bernardo Werner, em Blumenau, oferece a crianças e jovens a oportunidade de desenvolver competências adequadas às necessidades do século 21 e do mundo do trabalho. O Espaço integra atividades em cinco cursos que promovem exploração, pesquisa, construção, experimentação e aprendizado colaborativo e coletivo.

Assessoria de Imprensa – FIESC

48 3231-4671 / 98421-4224
mirianemc@fiesc.com.br