Pesquisa da FIESC mostra que houve avanço em 13 das 14 atividades consultadas no período, com destaque para produtos alimentícios (alta de 33,7%), produtos de metal (avanço de 27,2%), vestuário e acessórios (aumento de 24,6%) e veículos, reboques e carrocerias (ampliação de 15,6%)

Florianópolis, 3.10.2018 – As vendas da indústria catarinense cresceram 13,6% no acumulado do ano até agosto, mostra a pesquisa indicadores industriais da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), divulgada nesta quarta-feira (3). O levantamento informa que foi registrado avanço em 13 das 14 atividades consultadas pela entidade, com destaque para produtos alimentícios (alta de 33,7%), produtos de metal (avanço de 27,2%), vestuário e acessórios (aumento de 24,6%) e veículos, reboques e carrocerias (ampliação de 15,6%). Celulose e papel foi o único segmento que registrou retração (-2,8%). No período, também ampliaram os indicadores de horas trabalhadas na produção (3%), massa salarial real (1,3%) e pessoal empregado (1,7%). Clique aqui e acesse o Portal Setorial FIESC para ver os dados completos

Dados do Observatório FIESC destacam que a alta no faturamento deve ser vista com cautela. Alguns setores registraram crescimento, contudo, o desempenho da produção não segue o mesmo ritmo. É o caso, por exemplo, de alimentos, que cresceu 33% de janeiro a agosto, mas a produção no acumulado do ano registra queda de 1,8%.  As vendas de agosto em relação ao mesmo mês em 2017 registraram alta de 17,1%, com avanço em 13 das 14 atividades consultadas, na série livre de influências sazonais. Alimentos, produtos de metal e veículos e carrocerias puxaram positivamente o desempenho.

 

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco