Produtos alimentícios, produtos de metal e vestuário e acessórios puxaram o crescimento no período, mostra pesquisa da FIESC

Florianópolis, 5.11.2018 – As vendas da indústria catarinense acumulam alta de 13,4% até setembro em relação ao mesmo período em 2017, com avanço em 13 das 14 atividades pesquisadas. As maiores ampliações estão em produtos alimentícios (33,6%), produtos de metal (26,8%) e em vestuário e acessórios (23,3%). O segmento de celulose e papel registrou queda de 2,3% no faturamento do período, mostra a pesquisa indicadores industriais da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). No acumulado do ano também foi registrada ampliação das horas trabalhadas na produção 2,57%, na massa salarial real 1,3% e no percentual de pessoal empregado 1,58%. O levantamento destaca que os setores que integram a cadeia automobilística do estado, como veículos automotores e produtos de metal, consolidam significativos aumentos no ano. As vendas de setembro em comparação com o mesmo mês no ano anterior cresceram 12%. Clique aqui e veja o desempenho por setor.

Acesse o Portal Setorial FIESC e acompanhe o desempenho da economia de SC

Levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que o faturamento da indústria brasileira caiu 1,1%, as horas trabalhadas na produção diminuíram 0,9% e o nível de utilização da capacidade instalada recuou para 77,8% em setembro na comparação com agosto, na série livre de influências sazonais. De acordo com o levantamento, o faturamento é a única das variáveis pesquisadas que mostra tendência de recuperação em 2018. Mesmo com a queda registrada em setembro, o indicador cresceu 4,6% em relação ao mesmo mês do ano passado. Na mesma base de comparação, as horas trabalhadas na produção caíram 2,1%.

 

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco