Presidente da Federação, Glauco José Côrte, recebeu homenagem durante cerimônia na manhã desta segunda-feira (5), em Florianópolis

Florianópolis, 5.6.2017 - A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) recebeu homenagem da UFSC pela contribuição e incentivo à ciência e tecnologia. O presidente da Federação, Glauco José Côrte, recebeu o reconhecimento durante solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (5), em Florianópolis. Também foram agraciados o ex-senador Luiz Henrique da Silveira (in memoriam) e o deputado federal Esperidião Amin, além de pesquisadores, profissionais de imprensa e o INPI. A cerimônia marcou o encerramento do projeto Mais Ciência, realizado pela Funjab, com patrocínio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e apoio da FIESC. Por meio do Mais Ciência, realizado com emendas parlamentares, foram organizados nove eventos científicos que debateram inovação tecnológica e proporcionaram ampla divulgação por meio de uma plataforma digital.

Em seu pronunciamento, Côrte agradeceu o deputado Amin pela atenção que a bancada federal dedica aos pleitos da indústria e salientou que do ponto de vista da FIESC, o projeto Mais Ciência é um instrumento integrador entre a academia, indústria e setor público, que contribui com a divulgação e disseminação da ciência e da produção científica. “Reitero o propósito e o compromisso da FIESC de consolidar e ampliar as iniciativas conjuntas com a UFSC. Temos consciência da importância da academia como promotora de discussões e estudos que levam à inovação e ao desenvolvimento tecnológico e social. Temos a firme convicção de que os resultados dos esforços têm um primeiro destinatário: os cidadãos catarinenses e suas famílias”, afirmou.

O presidente da FIESC também ressaltou que os eventos e discussões promovidos no âmbito do projeto contribuíram para o Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense (PDIC 2022), iniciativa da FIESC que visa a ampliar a competitividade da indústria. “Hoje temos uma universidade federal ativa em todo o Estado. Em paralelo, a FIESC investe grandes esforços e recursos que permeiam estruturas tecnológicas − tanto habitats de inovação quanto centros de testes. Hoje, o SENAI é a maior rede de metrologia acreditada de Santa Catarina e do País”, concluiu.

Em seu discurso, o reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, fez menção ao compromisso do presidente da FIESC com a educação, iniciativa que foi aplaudida pela plateia. O reitor declarou ainda que o projeto Mais Ciência é uma relevante contribuição para a inovação, que discute a criação de uma sociedade em que haja emprego, geração de renda e a distribuição de riqueza. “Eventos como esse proporcionam a interação dos vários setores com esta missão. O objetivo de popularizar a ciência foi alcançado. O financiamento do MCTIC, viabilizado através das emendas de Luiz Henrique da Silveira e Esperidião Amin, permitiu realizar encontros com ampla divulgação por meio de plataforma digital e vasta produção de conteúdo e debates sobre inovação tecnológica”, afirmou. 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco