Termo de cooperação foi assinado nesta quinta-feira (9), na FIESC, e prevê o uso de satélites no monitoramento das fronteiras do Estado para controle da febre aftosa e para a garantia da segurança

Florianópolis, 9.8.2018 – O SENAI, entidade da FIESC, e a Polícia Militar de Santa Catarina firmaram acordo de cooperação para o desenvolvimento de soluções tecnológicas para a melhoria da segurança pública. A assinatura do documento ocorreu nesta quinta-feira (9), na FIESC, em Florianópolis. Um dos projetos que vêm sendo desenvolvido é o uso de satélites no monitoramento das fronteiras do Estado para controle da febre aftosa e para a garantia da segurança pública. “Vamos construir o primeiro satélite da indústria brasileira e, certamente, vamos contribuir com essa questão do controle das fronteiras”, afirmou o presidente da FIESC, Glauco José Côrte. 

Além de Côrte, assinaram o termo o primeiro vice-presidente, Mario Aguiar, o diretor geral do SENAI, Jefferson Gomes, o coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, comandante-geral da PMSC, e o tenente coronel Jorge Eduardo Tasca, chefe da seção de Inovação Tecnológica da PMSC. “Seremos o primeiro ‘smart state’ do Brasil. Acredito que temos condições de trabalhar esse conceito e transformar isso num diferencial competitivo para o Estado”, frisou o comandante-geral. 

O tenente coronel da PM Jorge Eduardo Tasca, comentou que o desenvolvimento deste projeto coincidiu com a oferta de uma linha de financiamento do BNDES para projetos que envolvam internet das coisas (IoT) e sensores, cuja uma das áreas de abrangência é a segurança nas cidades. “Estamos trabalhando nessa linha de financiamento um projeto que possa ser capitalizado com recursos do BNDES. No entanto, o termo de cooperação é um grande guarda-chuva para que possamos desenvolver outros projetos em parceria”, explicou.
 
“Existem projetos que são estruturantes, como é o caso do satélite, e abrem portas para outros, como a aplicação do satélite para monitoramento das entradas e saídas do Estado. São projetos como este que dão estrutura para o desenvolvimento de uma sociedade na questão tecnológica. Esse projeto terá um impacto muito forte no País”, ressaltou o diretor regional do SENAI/SC, Jefferson de Oliveira Gomes. 

O termo prevê ainda cooperação acadêmica e transferência de conhecimentos entre as instituições.

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
48 | 3231 4244
imprensa@fiesc.com.br 
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco