Projeto de mais de R$ 5 mi objetiva desenvolver dispositivos de controle de qualidade de veículos com base em estruturas tecnológicas 4.0
Florianópolis, 11.5.2018 – O Instituto SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura, de Joinville, renovou a parceria com a General Motors para o projeto Ferramentaria 4.0, com aporte financeiro de mais R$ 2,7 milhões. Somando-se à primeira fase, o projeto supera R$ 5 milhões. O objetivo é desenvolver dispositivos de controle de qualidade de veículos com base em estruturas tecnológicas 4.0. Os testes finais da fase 1 e a assinatura do aditivo de escopo para a fase 2 ocorreram nesta sexta-feira, 11, na fábrica da GM em São Caetano do Sul-SP, onde as novas tecnologias estão sendo implantadas.
 
O Instituto SENAI de Inovação de Joinville foi o líder e executor principal do projeto, que contou com a participação do Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA), da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e do Instituto SENAI em Pernambuco.
 
“O setor de ferramentaria movimenta 42 bilhões de dólares por ano em todo o mundo, mas o Brasil só participa com 0,4% desse volume; com projetos como esse queremos ampliar a capacidade competitiva das matrizes desenvolvidas no País”, afirmou o diretor regional do SENAI/SC, Jefferson de Oliveira Gomes. Ele esteve no evento em São Caetano do Sul, acompanhado pelo diretor do Instituto de Inovação em Sistemas de Manufatura, André Zanatta. Pela GM, participaram da atividade o manager de Inovação, Carlos Sakuramoto, o diretor de Ferramentaria, José Zara, e o gerente de Manufatura, Didimo Garcia.
 
Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco