Presidentes das federações empresariais integrantes do COFEM participaram do lançamento da iniciativa nesta segunda-feira (01), na sede da OAB/SC, em Florianópolis, e valorizaram a importância do projeto que vai congregar os observatórios municipais já existentes no Estado

Florianópolis, 02.10.2018 – Santa Catarina é o primeiro estado do país a receber um Observatório Social do Brasil (OSB) de abrangência estadual. O escritório foi lançado nesta segunda-feira (01), na sede da OAB/SC, em Florianópolis. Representando o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM), o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, destacou a importância do projeto que vai congregar os observatórios municipais já existentes no Estado e reforçou o apoio das entidades que integram o COFEM. O evento também contou com a presença do presidente da Fecomércio, Bruno Braitauph, da FACISC, Jonny Zulauf, da Fetrancesc, Ari Rabaioli, e do representante da FAESC, Clemerson Pedroso.

“A rede de observatórios sociais cumpre uma missão importante de promoção da democracia e da justiça social. Ao se propor a contribuir para a melhoria da gestão pública, esta organização tem entre seus principais objetivos buscar a eficiência e eficácia na gestão dos recursos públicos, visando um melhor direcionamento para atender as mais diversas demandas da sociedade”, afirmou Aguiar. 

Os observatórios têm o propósito de contribuir para a transparência e a correta aplicação dos recursos públicos. Segundo o presidente do Observatório Social do Brasil, Ney Ribas, a instalação do escritório em Santa Catarina atende uma demanda cada vez maior no sentido de fortalecer o Sistema OSB no estado. “Queremos contribuir para a eficiência da gestão pública e fazemos isso por meio do monitoramento das licitações, das contas do estado e trabalhando numa linha de educação para a cidadania e educação fiscal”, acrescentou. 

Santa Catarina tinha uma unidade administrativa do OSB desde novembro de 2016, integrada por representantes dos Observatórios Sociais de Florianópolis, Criciúma, Blumenau, Brusque, Itajaí, Imbituba, Rio do Sul, Lages e Chapecó. O escritório estadual representa os atuais observatórios sociais instalados nos municípios catarinenses. A organização está aberta a contribuições de cidadãos e entidades que desejem participar de maneira construtiva.

Nos últimos cinco anos, o Sistema OSB cresceu 110%, estando presente em mais de 130 cidades de 16 estados brasileiros, sendo 20% deles em Santa Catarina. Isso contribuiu para uma economia superior a R$ 3 bilhões aos cofres municipais, ampliou a média de empresas licitantes de 3 para 9 nas prefeituras onde se faz presente e congregou mais de 3 mil voluntários.

Com informações do Observatório Social do Brasil

Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
48 | 3231 4244
imprensa@fiesc.com.br 
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco