Iniciativa voltada ao aperfeiçoamento de habilidades socioemocionais é uma parceria entre a FIESC, o Instituto Ayrton Senna, a Secretaria de Estado da Educação e a Secretaria de Educação de Chapecó

Florianópolis, 13.5.2015 – Escolas da rede pública de Chapecó e região integrarão projeto do Instituto Ayrton Senna voltado ao desenvolvimento de habilidades socioemocionais. A iniciativa é uma parceria com a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), a Secretaria de Estado da Educação e a Secretaria de Educação de Chapecó. A assinatura do termo de cooperação para a execução desse projeto ocorreu nesta quinta-feira, dia 14, em São Paulo.

Características como a colaboração, o respeito, a criatividade, entre outros, são consideradas competências socioemocionais. “É fato que hoje habilidades como redação e raciocínio lógico são insuficientes para garantir o êxito profissional. Por isso, para ser bem sucedido profissionalmente, é necessário desenvolver outras competências, como iniciativa, trabalho em equipe, disciplina e inovação. Esse é o novo profissional que o mercado de trabalho precisa”, afirma o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

Ao todo, cinco municípios participarão do projeto que se inicia no segundo semestre desse ano, com a formação de docentes, e segue até 2016. A metodologia criada pelo Instituto pretende disseminar em larga escala o desenvolvimento de competências como curiosidade, pensamento crítico, colaboração e autoconfiança. Na sala de aula, os professores serão estimulados a integrar ao currículo tradicional novos recursos que despertem no estudante habilidades para o mundo do trabalho. 

Pesquisa do Instituto Ayrton Senna, realizada com 25 mil alunos, mostrou que, ao desenvolver competências socioemocionais, a formação acadêmica também melhorou. O impacto foi positivo em língua portuguesa e matemática. Alunos que se esforçaram e se tornaram mais responsáveis e organizados (conscienciosos) ganharam quatro meses e meio de aprendizado em matemática em relação àqueles que não aperfeiçoaram essas habilidades. 

Reunião com LIDE – Antes do evento com o Instituto Ayrton Senna, Côrte apresentou o Movimento A Indústria pela Educação ao representante do Grupo de Lideranças Empresariais (Lide), Gustavo Ene, em São Paulo. Criado em 2003, o Lide é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais, que promove a integração entre empresas, organizações e entidades privadas, por meio de programas de debates, fóruns e iniciativas de apoio à sustentabilidade, educação e responsabilidade social.


Elida Hack Ruivo
Assessoria de Imprensa da FIESC
(48) 3231 4244 - (48) 9176 2505
elida.ruivo@fiesc.com.br

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco