No dia mundial de combate ao trabalho infantil (12 de junho), SENAI e entidades parceiras realizaram eventos gratuitos em Videira, São Bento do Sul, Itajaí, Tubarão e Rio do Sul

 
Florianópolis, 13.6.2019 – Unidades do SENAI em Videira, São Bento do Sul, Itajaí, Tubarão e Rio do Sul realizaram nesta quarta (12) a Feira de Aprendizagem Profissional em parceria com Fórum de Erradicação do Trabalho Infantil de Santa Catarina (FETI/SC) e o Fórum Catarinense de Aprendizagem Profissional (FOCAP). O evento é voltado a empresas e jovens interessados em cursos de aprendizagem e integrou a programação do dia mundial de combate ao trabalho infantil.

Em Videira, os participantes receberam informações sobre o Programa Novos Caminhos. A apresentação foi realizada pela assistente social do Poder Judiciário de Videira, Cristiane Fernanda Werlang. No Centro-Norte há cinco turmas em andamento, totalizando 57 adolescentes. O empresário Gilberto Zarpelon falou sobre sua experiência na contratação de aprendizes. Junto com ele, estava Emerson Belozupco, gerente na Rede Zarpelon, que iniciou como aprendiz.

A Feira teve ainda visitação na unidade do SENAI, nos estandes das instituições, além de oficinas de elaboração de currículo e entrevista de emprego. Durante toda a tarde houve plantão para sanar dúvidas sobre a legislação da Aprendizagem Profissional com equipe da fiscalização do trabalho.

Mais de 300 estudantes do ensino médio das escolas Carlos Zipperer Sobrinho, Celso Ramos, Frederico Fendrich e Roberto Grant participaram, em São Bento do Sul, das oficinas gratuitas para conhecer as oportunidades de aprendizagem industrial e para se preparar para a entrada no mercado de trabalho. Gestores de empresas, por sua vez, conheceram o funcionamento do programa de aprendizagem. 

“A experiência é excelente para o aluno que ainda não sabe quais os caminhos para buscar o primeiro emprego. Além de conhecer os cursos oferecidos, também recebemos informações sobre o mercado de trabalho", comenta Rafaela Vitória Roesler Martins. Estudante do Roberto Grant, ela já é menor aprendiz na empresa PKC e faz o curso de manutenção no SENAI.

Os jovens também conheceram os cursos de gestão e administração, mecânica, marcenaria, moldes e costura de roupas. Mais de 25 gestores de empresas da região, de diversos segmentos, participaram do evento, recebendo informações sobre a legislação que regulamenta a aprendizagem. 

O SENAI de Rio do Sul recebeu estudantes do 9º ano de escolas do município, empresários e representantes do SENAC, CIEE e SENAR, para a Feira de Aprendizagem Profissional. A primeira atividade foi a palestra Aprendizagem Profissional e Combate ao Trabalho Infantil. “O mundo é capaz de transformar-se por meio da educação e do trabalho. Não há ser humano que possa mudar de comportamento se não tiver a educação como prioridade em sua vida”, disse o gerente regional do Trabalho de Lages, Silvio da Luz Cordova. Ele explicou alguns pontos da legislação trabalhista e os direitos e deveres dos menores aprendizes.  

Os participantes conheceram ainda o Programa Novos Caminhos, que iniciou em 2013 e que hoje conta com a parceria de várias entidades. Para concluir, Bruna Rodrigues Tiecher, da Metalúrgica Riosulense e Armelita de Pin Laux, da Afubra, relataram a experiência das duas empresas no programa Aprendizagem Industrial e os benefícios da contratação de menores aprendizes.

Em Itajaí, um encontro reuniu autoridades e empresários, além de coordenadores e jovens que participam dos programas de aprendizagem desenvolvidos no SENAI, entre eles estudantes da APAE de Itajaí.

Durante as Feiras de Aprendizagem Profissional, os jovens tiveram a oportunidade de conhecer ações que estimulam a inclusão social com o primeiro emprego e de desenvolver competências exigidas pelo mundo do trabalho. Já os empresários conheceram maneiras de contribuir para a formação dos futuros profissionais. Uma das empresas que participa há vários anos deste programa é a Rovitex Indústria e Comércio de malhas, de Navegantes. Desde 2012, quando iniciaram a parceria, a empresa já recebeu mais de 400 jovens, destes, 160 foram efetivados.

“Nós temos um grande trabalho de acolhimento destes jovens que chegam na empresa para que eles se habituem no ambiente profissional, saibam seus direitos e deveres, mas também aprendam sobre disciplina e convivência com o outro. Um trabalho que conta com um apoio imenso do SENAI, onde os jovens também passam por treinamentos”, explicou Rea Funez, representante da empresa.

Tubarão também recebeu o evento e ofereceu oficinas de entrevista de emprego e de programação aos estudantes que visitaram a unidade do SENAI. 

Aprendizagem no SENAI
Os cursos de Aprendizagem Industrial oferecidos pelo SENAI/SC são gratuitos e a seleção é realizada pelas indústrias contratantes de jovens aprendizes. Atualmente, mais de 5 mil alunos frequentam formações oferecidas por indústrias catarinenses. 


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina
imprensa@fiesc.com.br | 48 3231 4244
 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco