Encontro de lideranças do setor com o ministro interino da Agricultura, Eumar Novacki, ocorreu nesta quinta(18), em Brasília

Florianópolis, 18.1.2018 – Um grupo de trabalho composto por representantes das empresas de pesca e do governo vai buscar solução para a interrupção das exportações de pescado para a Europa. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (18), em reunião com o ministro interino da Agricultura, Eumar Novacki, em Brasília. O encontro, agendado pelo presidente da FIESC, Glauco José Côrte, contou com a presença do presidente da Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Pesca da entidade, André Luiz Dutra Mattos, do diretor da FIESC, Carlos Henrique Ramos Fonseca, do consultor Odacir Zonta, do presidente do Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), Jorge Neves, do deputado Valdir Colatto e de outras lideranças, inclusive dos demais Estados afetados, como Rio Grande do Sul e  do Nordeste.

“Foi uma reunião muito importante, em que representantes de todo o País tiveram a oportunidade de apresentar, com muita clareza, a importância de resolver o problema”, disse Mattos, após o encontro no MAPA.

Conforme comunicado do MAPA, a suspensão temporária da exportação de pescado, a partir de janeiro de 2018 e anunciada dia 26 de dezembro, teria o objetivo de evitar a possível suspensão unilateral pela União Europeia.

O setor da pesca de Santa Catarina gera 3 mil empregos diretos, em 400 empresas. O valor das exportações catarinenses de pescado totalizou US$ 17,7 milhões em 2017, dos quais US$ 2,49 milhões foram para a Europa, com destaque para os embarques destinados a Portugal, mostram os dados Ministério do Desenvolvimento (MDIC).

 

________________________________

Assessoria de Imprensa FIESC

(48) 3231-4672

imprensa@fiesc.com.br

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco