Resultado é influenciado pela elevação nas vendas externas de soja e suínos

Florianópolis, 11.08.2014 - Os portos de Santa Catarina registram até julho um aumento de 5,09% no valor total das mercadorias exportadas, para US$ 5,488 bilhões, na comparação com os sete primeiros meses de 2013. Este resultado é influenciado, principalmente, pela elevação nas vendas externas de soja (75,09%) e suínos (57,32%). Os dados integram levantamento divulgado pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) nesta segunda-feira (11).

Entre os dez principais produtos da pauta catarinense de exportações, estão negativos no ano os segmentos de frango (primeiro colocado; -4,3%), fumo (quarto colocado; -40,77%) e o motocompressor (sétimo colocado; -0,94%).

Após ultrapassar os Estados Unidos no mês anterior, a China abriu vantagem como o principal destino dos embarques realizados no Estado. O país asiático soma US$ 769,70 milhões em compras em 2014, uma alta de 45,24% sobre o registrado de janeiro a julho do ano passado. Os Estados Unidos também aumentaram seus pedidos, em 16,07%, mas têm no ano embarques totais de US$ 703,08.

As importações do Estado também estão em alta em 2014. Nos sete primeiros meses foram desembarcados US$ 9,210 bilhões, 12,09% a mais que no mesmo período do ano anterior. O catodo de cobre refinado, utilizado como matéria prima de diversas indústrias, lidera a pauta com US$ 544,40 milhões, com pouco menos que o dobro do segundo colocado, o polietileno sem carga, que soma US$ 282,90 milhões.

A balança comercial do Estado está negativa em US$ 3,722 bilhões, alta de 24,3% sobre o contabilizado entre janeiro e julho de 2013.

Clique aqui para baixar o levantamento completo.

 

Fábio Almeida
Assessoria de Imprensa da FIESC
48 3231-4674 | 48 9981-4642
fabio.almeida@fiescnet.com.br

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco