Carnes de aves, partes para motor e tabaco não manufaturado puxaram o crescimento no período, informa a FIESC

Florianópolis, 9.8.2018 – As exportações catarinenses de janeiro a julho somaram US$ 5 bilhões. O valor é 3,3% superior ao registrado no mesmo período no ano passado, mostram dados do Ministério do Desenvolvimento (MDIC), divulgados pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). Em julho, os embarques totalizaram US$ 940 milhões, o que representa uma ampliação de 27% frente ao mesmo mês de 2017. No comparativo com o mês anterior, houve crescimento de 27,3%. Clique aqui e veja os resultados completos

Considerando a participação na pauta de embarques no ano em termos de produtos, os destaques são carnes de aves (aumentou 18,7%), soja (caiu 8,5%) e carne suína (reduziu 10%), partes de motor (ampliou 8,2%) e tabaco não manufaturado cresceu (6,7%). Com relação aos principais parceiros comerciais no período, os Estados Unidos se apresentam como o maior destino dos produtos catarinenses, com 15,6% do total dos embarques, mas com desempenho 3,5% inferior ao do ano anterior. Na sequência dos principais destinos aparecem China, com alta de 22,5% e Argentina, com expansão de 10,6%.

No acumulado do ano, Santa Catarina importou US$ 8,83 bilhões. O valor é 27,8% em relação ao mesmo período em 2017. Considerando a participação na pauta em termos de produtos, os destaques ficaram para cobre refinado (com crescimento de 31,3%7), polímeros de etileno (que caiu 5% no período) e fios de filamentos sintéticos (com ampliação de 25,7%).

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco