Setor catarinense representa 32% dos estabelecimentos industriais e gera mais de 90 mil empregos formais

Florianópolis, 16.5.2018 – Com a participação do presidente Michel Temer, iniciou-se na noite desta quarta-feira (16) e segue até sexta-feira (18/5), no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Florianópolis, a 90ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), principal evento do calendário anual do setor. Promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção, o evento tem apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), do SESI e do SENAI.

O presidente da FIESC, Glauco José Côrte, participou da abertura do evento e lembra que a construção catarinense representa 32% dos estabelecimentos industriais, empregando mais de 90 mil trabalhadores formais, responsáveis pela geração de 5,6% do valor adicionado brasileiro. “A queda neste indicador, que reflete a contração da atividade do setor no país desde 2014, foi sentida no Estado apenas em 2015 e, a depender dos sinais no mercado de trabalho, que mostra saldo positivo de empregos de 2,6 mil vagas no primeiro trimestre, 2018 será o ano da reversão da construção, trazendo consigo um impulso para a economia catarinense”, avalia.

Para a FIESC, neste novo movimento há oportunidades. Embora o déficit habitacional do Estado seja o mais baixo das regiões Sudeste e Sul, ele vem seguindo a tendência crescente do país. “No segmento de infraestrutura, o caminho talvez seja mais árduo”, avalia Côrte, pois para cada real faturado pela indústria catarinense, R$ 0,13 são gastos com logística, o que limita a competitividade e o potencial de crescimento do setor produtivo. “Pensando nisso, temos trabalhado firmemente na proposição de alternativas e no diálogo com as lideranças governamentais das esferas municipal, estadual e federal” afirmou.

O presidente Temer veio acompanhado dos ministros Helton Yomura (Trabalho), Marcos Jorge de Lima (Indústria, Comércio Exterior e Serviços), Alexandre Baldy, (Cidades), Esteves Colnago (Planejamento), Vinícius Lumertz (Turismo), além do presidente do BNDES, Dyogo Oliveira. Temer e Baldy assinaram documento de autorização de contratação de operações de crédito para obras de qualificação viária no âmbito do programa Avançar Cidades junto ao Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) nas cidades de Concórdia, Balneário Gaivota, Indaial, Nova Veneza, Rio Fortuna, Sangão, São Ludgero e Três Palmeiras, totalizando R$ 44 milhões. Também foi entregue autorização de empenho ao governo de Santa Catarina para conclusão das obras do Centro de Convenções de Balneário Camboriú.

O ENIC reunirá até a próxima sexta palestrantes nacionais e internacionais, empresários e lideranças do setor com o tema central “Inovar e Crescer: construindo um País melhor”, debatendo questões como sustentabilidade, infraestrutura, mercado imobiliário, saúde e segurança do trabalho, compliance e responsabilidade social.