Aspecto foi enaltecido pela presidente da República, que visitou evento, em Belo Horizonte, nesta quarta-feira

Belo Horionte, 03.9.2014 - Na abertura das provas da 8ª Olimpíada do Conhecimento, nesta quarta-feira (dia 3), em Belo Horizonte-MG, a presidente da República, Dilma Rousseff, salientou a importância do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para a educação profissional do país. Ela fez referência aos cursos técnicos, mas ressaltou a importância também da formação inicial e continuada, que são cursos de curta duração, para o início de uma nova carreira profissional. Esta é uma categoria em que, neste momento, o SENAI Santa Catarina (entidade da FIESC) oferece cerca de quatro mil vagas, em mais de uma centena de cursos. Além disso, outras 14 mil vagas serão lançadas ainda este ano.

Esta é a primeira vez que estudantes que fizeram cursos do Pronatec disputam a Olimpíada do Conhecimento, torneio que avalia o desempenho dos alunos em suas profissões. Dos 726 participantes nas ocupações em disputa, 597 passaram por cursos de formação inicial e continuada (FIC) ou técnicos de nível médio oferecidos no escopo do programa pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e pelos Institutos Federais de Tecnologia. Com 17 estudantes, Mato Grosso é o Estado com maior número de alunos que fizeram curso do Pronatec. Depois aparecem Santa Catarina, Minas Gerais e Tocantins, com 14 cada. Dos catarinenses, 12 fizeram cursos técnicos e dois, programas de qualificação profissional.

Ao ressaltar o sucesso da iniciativa de seu governo para estimular a educação profissional, Dilma Rousseff, destacou a cooperação com os serviços de aprendizagem industrial (SENAI) e comercial (SENAC). "Tivemos uma parceria com o Sistema S muito bem sucedida, que consiste na junção das estruturas do governo federal, com os institutos federais de educação e ensino tecnológico, e as escolas do Sistema S", afirmou a presidente.

"A Olimpíada do Conhecimento é como se a gente abrisse uma cortina e mostrasse o caminho do futuro. Construímos aqui um alicerce para o futuro", disse a presidente em discurso logo após visitar a área do torneio promovido pelo SENAI. Ela ressaltou, no entanto, que o País precisa aumentar investimentos em educação e inovação.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, afirmou que o aumento do número de ocupações profissionais contempladas pela competição - passou de 26, em 2001, para 58 neste ano - demonstra que os jovens brasileiros estão se interessando mais pelo ensino técnico e tecnológico e se preparando para participar do desenvolvimento do Brasil. "Os jovens estão cada vez mais comprometidos com o crescimento da indústria e do País", afirmou Braga de Andrade.

Cursos em Santa Catarina

Totalmente gratuitos, os cursos oferecidos pelo SENAI/SC no âmbito do Pronatec atendem a demandas de todos os segmentos industriais e são oferecidos em todas as regiões do Estado. Também estão abertas inscrições para mais duas mil vagas em outros cursos de qualificação e aperfeiçoamento da instituição. Entre elas, uma parte é de capacitações à distância, também gratuitas, em temas transversais. Tratam de aspectos relacionados ao ambiente de trabalho, como saúde e segurança, legislação trabalhista e sustentabilidade. Informações pelo site www.sc.senai.br ou pelo telefone 0800 48 1212.

Ivonei Fazzioni
Assessoria de Imprensa da FIESC
48 3231-4673 / 48 8421-3600
ivonei@fiescnet.com.br

 

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco