Projeto inédito amplia oferta de educação integral em SC

FIESC, Instituto Ayrton Senna, Secretaria de Estado da Educação e Secretaria Municipal de Educação assinam termo de compromisso na sexta-feira (25), em Chapecó, durante as festividades do centenário da cidade
Imprimir

 

Florianópolis, 22.8.2017 – A ampliação da educação integral no Estado – que consiste na formação completa do estudante, tanto de competências cognitivas, como raciocínio e leitura, quanto de habilidades como criatividade e colaboração – é o foco de uma parceria inédita que a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), por meio do Movimento SC pela Educação, firma com o Instituto Ayrton Senna, o Governo do Estado e a Secretaria Municipal de Educação de Chapecó. O presidente da Federação, Glauco José Côrte, assina o termo de compromisso na sexta-feira, dia 25 de agosto, durante o seminário Educação Integral para o Século XXI, com a presença da presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, do diretor regional do SENAI/SC, Jefferson Gomes, do prefeito Luciano Buligon, do secretário de Educação Eduardo Deschamps e do governador do Estado, Raimundo Colombo. O evento integra a programação do centenário de Chapecó.

No município, a iniciativa passa a ser lei por proposição da Câmara Regional do Movimento que tem representantes das principais instituições de educação de Chapecó e região. Ela será sancionada também no dia 25 de agosto. Com a sanção da lei, o projeto será estendido a todas as escolas municipais de Chapecó. Além disso, o programa passa a ser implantado em escolas da rede estadual e nas escolas de ensino médio do SENAI/SC.

Desde 2015, o Instituto Ayrton Senna realiza o projeto “Desenvolver e avaliar criatividade e pensamento crítico” em algumas escolas da rede municipal de Chapecó, da rede estadual na região e do SENAI no município. O projeto é voltado para estudantes do ensino fundamental e médio, por meio da capacitação de professores de diferentes disciplinas que, ao aderir à proposta, passam por formações específicas e utilizam metodologias próprias ao longo do ano letivo, com autonomia para identificar o melhor momento para as ações dentro de suas aulas. O projeto está inserido no âmbito de uma parceria do Instituto com a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e prevê mapeamento e compartilhamento de boas práticas. Santa Catarina foi contemplada com o projeto-piloto por intermédio do Conselho de Governança do Movimento SC pela Educação.

A iniciativa tem como premissa desenvolver as competências de criatividade e o pensamento crítico entre os participantes, por meio de um instrumento formulado pelos próprios professores, em conjunto com a equipe do projeto, que ajudam a fortalecer a atuação dos professores e o autoconhecimento dos estudantes. No total, cerca de 4 mil alunos e 131 professores estiveram envolvidos com a proposta.

A FIESC anuncia ainda no seminário o curso Educação Integral para o Século XXI, com conteúdo elaborado pelo Instituto Ayrton Senna, para contribuir com a ampliação dos conhecimentos dos professores sobre a construção de uma escola que prioriza o desenvolvimento integral dos estudantes.

Serviço:
Educação Integral para o Século XXI

Dia 25 de agosto, às 15h30
Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, 
Rua Assis Brasil, 20 D, Centro 

Assessoria de Imprensa - FIESC
imprensa@fiesc.com.br
(48) 3231 4244

Assessoria de Imprensa – Instituto Ayrton Senna
acarvalho@ias.org.br
(11) 2974 3008